Esportes

Sob forte esquema de segurança e atraso de duas horas, tocha olímpica passa por Ilhabela

Gustavo Nascimento

Gustavo Nascimento

Atletas do arquipélago, indicados pela prefeitura ao Comitê Olímpico, tiveram a oportunidade de carregar o símbolo da Rio 2016; Ubatuba receberá a tocha nesta quarta (27)

Por Gustavo Nascimento, de Ilhabela

 

A Vila, no Centro de Ilhabela, foi o cenário para a passagem da tocha das Olimpíadas Rio 2016 nesta segunda-feira (25). Mais de 2 mil pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar, acompanharam o percurso do maior símbolo  da competição mundial que começa em agosto, no Rio de Janeiro. Foi preciso paciência de quem foi ao arquipélago para acompanhar esse marco dos jogos olímpicos no Brasil, já que a cerimônia, prevista para às 10h, só começou após às 12h.

O percurso também foi alterado. Ele foi iniciado na Rua do Meio, com a tocha apagada, e seguiu em direção ao píer da Vila. Nesse ponto, houve o acendimento com a chama olímpica e o símbolo foi levado ao Navio Veleiro “Charlie Bravo”, da escola de vela, para destacar a vocação da cidade nos esportes náuticos.

Depois, a tocha já acesa retornou pela Rua do Meio, contornou um quarteirão em direção à Igreja Matriz, próxima da Praça Coronel Julião, até o palco montado na Praça das Bandeiras.

Condutores

Os nomes dos condutores da tocha nas ruas de Ilhabela não foram divulgados com antecedência. O sigilo, de acordo com organizadores do Comitê Olímpico, ocorreu por motivos de segurança.

Três atletas de Ilhabela participaram o revezamento da tocha olímpica, entre eles João Rezende de Souza Filho, conhecido como “Mestre Rezende”. Ele mantém projeto social na modalidade de jiu-jitsu para mais de 400 alunos.

Outro esportista, desta vez na Vela, foi Matheus Oliveira. Ele é pentacampeão brasileiro na classe Optimist e participa ativamente de competições nacionais e internacionais.

A finalização do percurso foi com Edivando de Souza Cruz, tetracampeão brasileiro de mountain bike, que tem no currículo o pan-americano na categoria júnior; medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos em 2003; e duas vezes vice-campeão dos Jogos Sul-Americanos.

Ao chegar no palco principal, a tocha olímpica foi recebida com muita festa por diversas autoridades presentes e outros atletas, como as medalhistas olímpicas do vôlei feminino, Ida Álvarez e Ana Lúcia.

Ubatuba

Ubatuba recebe a Tocha Olímpica nesta quarta-feira (27) pela rodovia Oswaldo Cruz e segue até a avenida Iperoig, a partir das 12h.

Diversas vias ficarão interditadas a partir das 7h e liberadas logo após a passagem da tocha. De acordo com a Prefeitura de Ubatuba, o trajeto será Oswaldo Cruz – Trevo do Pescador (BR 101), Thomaz Galhardo, Cel Domiciano, Cel Ernesto de Oliveira (Pça. Exaltação Santa Cruz), avenida Iperoig, rua Guarani, avenida Leovigildo Dias Vieira e Capitão Felipe.

A solenidade de passagem da tocha por Ubatuba inclui também apresentações de cultura indígena e de Fandango Caiçara, na Praça de Eventos.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido!