Estradas Litoral Norte

Rodovia Mogi-Bertioga será privatizada pelo Estado

A rodovia Mogi-Bertioga está na lista de concessão prevista pelo Governo de São Paulo. A partir do próximo dia 21, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo – ARTESP, inicia uma série de quatro audiências públicas sobre a concessão do Lote Rodovias do Litoral Paulista.

Segundo a ARTESP, a licitação proposta abrange 230 quilômetros de rodovias, incluindo trechos da Mogi-Bertioga (SP 098), da Pedro Eroles (SP 088) e da Padre Manoel da Nóbrega (SP 055). As audiências públicas ocorrerão nos municípios de Mogi das Cruzes (dia 21/10), Itanhaém (dia 23/10), Bertioga (dia 24/10) e em São Paulo (dia 25/10) como forma de possibilitar a participação da sociedade no processo de concessão.

A ARTESP garante que serão realizadas obras que trarão significativas melhorias nas condições de segurança viária da rodovia como duplicações, marginais, novos dispositivos de acesso, passarelas, ciclovias, dentre outras intervenções.

Mogi-Bertioga

A SP-98,  mais conhecida como Rodovia Mogi-Bertioga, foi concluída em 1982, ligando o município de Mogi das Cruzes, localizado no planalto, até Bertioga.  Seu traçado passa por três diferentes relevos: os morros do planalto; as escarpas da Serra do Mar; e o terreno plano da planície do litoral. Isso influi no percurso da estrada: uma sucessão de retas, curvas, aclives e declives no planalto; uma longa descida com repetitivas curvas na serra; e longas retas na planície do litoral.

A rodovia com 50 quilômetros de extensão é frequentemente utilizada por moradores, turistas e veranistas em direção as cidades do Litoral Norte. Nos períodos, em que a Rodovia dos Tamos, que liga São José dos Campos até Caraguá, sofre interdições, devido as chuvas, a Mogi-Bertioga é uma das opções para se chegar ao Litoral Norte.

No trecho urbano entre Mogi das Cruzes e o bairro da Vila Moraes há 5 lombadas eletrônicas. Costumam haver radares móveis nas retas da planície litorânea. Há dois postos da Polícia Rodoviária Estadual: um na Vila Moraes e outro no entrançamento com a Rodovia Rio-Santos.

Seu trecho de serra requer cuidados extra por parte dos motoristas. Em junho de 2016, 18 pessoas, que ocupavam um ônibus de transporte de estudantes universitário, morreram num acidente ocorrido no km 84 da rodovia.

Nos feriados prolongados e no verão a rodovia recebe movimento intenso de veículos. Nesses períodos, a duração da viagem pela SP-98 pode aumentar de 40 minutos para 4 horas,

Audiências públicas

Confira a agenda das audiências públicas: Mogi das Cruzes – 21/10, às 10 horas, Centro Educacional Brazcubas, Av. Francisco Rodrigues Filho, 1.233. Bertioga – 24/10, às 10 horas, Câmara Municipal de Bertioga, R. Rev. Augusto Paes D’Ávila, 374. São Paulo – 25/10, às 10 horas, Auditório do DER, Av. do Estado, nº 777 – 5º andar