Caraguatatuba Geral

Apenas 20% da população de Caraguá tem cadastro no Wi-Fi Livre implantado pela Prefeitura

Apenas 20% da população de Caraguatatuba se cadastrou no Projeto Wi-Fi Livre da Prefeitura local, implantado em dezembro do ano passado. A cidade possui 130 mil habitantes, mas apenas 27 mil estão cadastrados, incluindo veranistas e turistas.

Boa parte da população local desconhece que existe o sistema gratuito. É o caso por exemplo, de Rosangela Souza, que mora do bairro do Jaraguazinho e trabalha no centro da cidade. “Não sabia, uso o wi-fi do estabelecimento que trabalho”, comentou ela.

Tudo indica, que a população local ainda não foi devidamente orientada sobre o uso do wi-fi livre oferecido pela prefeitura. No centro, por exemplo, é comum os internautas solicitarem as senhas dos estabelecimentos comerciais para acessarem às redes sociais por desconhecerem o sistema implantado há seis meses pela prefeitura.

Para se cadastrar é simples. Para acessar a rede, o internauta precisa fazer a autenticação através do perfil no Facebook ou do seu e-mail.

Após realizar o registro, o usuário efetua o login e inicia a navegação.  Depois de 20 minutos de conexão, o internauta recebe uma alerta solicitando que ele se reconecte à rede novamente. Não há limites de reconexão.

O Wi-Fi Livre fornecido pela prefeitura pode ser utilizado em vários pontos da cidade, inclusive na orla central e nas praias Martim de Sá, Cocanha e Massaguaçu. Para usar o sistema gratuito de wi-fi é preciso se cadastrar na prefeitura.

Jovens

Segundo relatório emitido pela Secretaria de Tecnologia da Informação, dos 27 mil cadastrados, a faixa etária com o maior número de cadastros está entre os jovens de 16 e 20 anos, seguido pelos adultos entre 31 e 40 anos.

Ao todo, são mais de 20 pontos distribuídos entre praças, pistas de skate, passeios e outros logradouros públicos que contam com o sinal grátis de internet.

O WI-FI Livre pode ser acessado nos seguintes locais: Terminal Rodoviário, no Jardim Jaqueira; UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e CEM/CEO (Centro de Especialidades Médicas e Centro de Especialidades Odontológicas), localizados no bairro Jardim Primavera; Praça de Skate (Praça Ton Ferreira – Av. Dr. Arthur Costa Filho, Centro); Praça Dr. Diógenes Ribeiro de Lima (Av. Dr. Arthur Costa Filho, Centro); Polo Cultural Adaly Coelho Passos (Centro); Praça Candido Motta, s/n (Centro); Parque de Diversões; Praça da Cultura (Av. Dr. Arthur Costa Filho, s/n (Centro); Camaroeiro (Mirantes da Orla); Martim de Sá (Avenida Doutor Aldino Schiavi); Praça Travessão (Av. José da Costa Pinheiro Júnior); Praça Perequê-Mirim (CIDE – José Geraldo da Silva Filho); Praia da Cocanha (Av. João Gonçalves Santana, s/n); Praça de Skate Massaguaçu (R. José Vicente dos Santos); Praça Dr. Mauro Forte de Moraes (Massaguaçu) e no Centro de Atendimento ao Munícipe do Poço da Anta.

Os locais escolhidos levaram em conta os aspectos comerciais e de convívio social, visando estimular a ocupação de espaços públicos da cidade. O contrato de internet gratuita não tem ônus para a Prefeitura de Caraguatatuba e terá duração de 60 meses, podendo ser renovado.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: