Caraguatatuba Geral

Campanha tenta reduzir atropelamento de animais na Tamoios. Em um ano e meio, 484 animais morreram na rodovia

Tamoios tem passarelas elevadas para travessia de animais no trecho de serra

Campanha visa reduzir mortes de animais por atropelamento na Tamoios. Entre janeiro e junho, deste ano, mais de 200 animais morreram atropelados na rodovia, que é a principal via de ligação entre o Vale do Paraíba e o Litoral Norte. Os atropelamentos ocorrem mais no trecho de Planalto e no período noturno

Por Salim Burihan

A Concessionária Tamoios, que administra a principal rodovia de acesso, entre o Vale e o Litoral Norte, a Rodovia dos Tamoios, está fazendo uma campanha junto aos usuários para reduzir a morte de animais por atropelamento na estrada.

A Tamoios corta boa parte de áreas de mata, no planalto; e, na serra, a Serra do Mar, redutos de muitos animais. É comum, muito comum, a presença de animais e aves, como cães, gato, cachorro do mato, gambá, tatu, ouriço, serpentes, corujas, capivara, entre outros.

Muitos animais são resgatados das pistas e devolvidos ao seu habitat natural pelas equipes da concessionária que percorrem a estrada ao longo do dia. Muitos, no entanto, acabam sendo atropelados, principalmente, no período noturno.

Os animais feridos nos atropelamentos são recolhidos e encaminhados para um centro de reabilitação mantido pela concessionária. Muitos, no entanto, não sobrevivem. Por isso, a campanha, importantíssima, iniciada junto aos usuários, que destacamos no final da matéria.

Conseguimos com a concessionária os dados sobre a presença de animais na rodovia em 2018 e entre janeiro a junho deste ano. O número impressiona. É bom destacar, que nenhum usuário perdeu a vida na rodovia após se envolver em acidente com animais.

Acidentes

A Tamoios ficou mais segura, após ser administrada pela concessionária. Os investimentos feitos na Tamoios reduziram em muito os acidentes envolvendo motoristas.

De 2010 a 2014, antes da Concessionária Tamoios assumir a rodovia, foram registradas 83 mortes, envolvendo motoristas e motociclistas.

De abril de 2015 a abril de 2019, período em que a Concessionária Tamoios passou administrar a estrada, foram registradas 8 mortes em todo o seu trecho. Uma média de duas mortes por ano na Tamoios. Lembrando que, nenhum deles foi provocado por incidente com animais, mas por abuso ao volante ou falha mecânica.

Animais

Centro de Reabilitação da Univap

Em 2018 foram avistados 952 animais na rodovia, desses, 273 morreram após serem atropelados. Entre janeiro e junho deste ano, foram localizados na rodovia 673 animais, sendo que, 211 morreram atropelados quando cruzavam as pistas da estrada.

O trecho onde ocorrem mais acidentes envolvendo animais é o do planalto, entre São José e Paraibuna. Neste trecho, no município de Paraibuna, foram colocados 1.600 metros de cerca de proteção em locais onde é mais comum o acesso dos animais à pista.

A estrada conta com passagens especiais para os animais cruzarem a pista, são dez inferiores e duas superiores.

Os animais feridos após os atropelamentos são removidos para uma ONG em Paraibuna(Cães e gatos). Os animais silvestres são levados para a Univap(e Fundação Animalia(São Sebastião).

Caso o usuário encontre animais na pista, ele pode utilizar o Wi-Fi da rodovia e chamar o Centro de Controle, que providencia a retirada do animal da situação de perigo.

 

Orientações

No trânsito, o atropelamento está entre as principais causas de morte de animais no Brasil. Alguns dos fatores que influenciam o atropelamento de animais em rodovias são: trafegar com os faróis apagados e não respeitar os limites de velocidade.

Na Tamoios, de 2015 a 2019, quase metade das ocorrências envolvendo animais foi registrada durante os períodos da noite e madrugada.

Animais de médio e grande porte, como cachorros, capivaras, bois e cavalos, podem causar grandes prejuízos materiais e graves acidentes. 

Como evitar o atropelamento de animais:

  • Respeitar os limites de velocidade
  • Acender os faróis
  • Redobrar a atenção em situações de baixa visibilidade
  • Entrar em contato com  a concessionária pelo botão S.O.S do APP Tamoios ou pelo 0800 545 0000 e informar a presença de animais na pista

 

 

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: