Caraguatatuba Geral

Carlinhos apresenta lei que permite ao SAMU levar pacientes para hospitais particulares

A Câmara Municipal de Caraguatatuba realiza a 15ª sessão ordinária do ano nesta terça-feira, a partir das 19h30. Francisco Carlos Marcelino (Carlinhos da Farmácia) tem na pauta o projeto de lei 027/19, que permite ao SAMU deslocar pacientes para hospitais particulares localizados no município.

A proposta já foi aprovada por vereadores das câmaras municipais da Baixada Santista e pode ser transformada em lei estadual, por iniciativa do deputado Paulo Corrêa Jr, cujo projeto deu entrada recentemente na Assembleia Legislativa.

O Samu só encaminha pacientes aos hospitais públicos. No caso de Caraguá, os pacientes atendidos são encaminhados apenas à UPA da cidade.

O objetivo da propositura de Carlinhos da Farmácia é permitir que o paciente de Caraguá, atendido pelo Samu, possa ser removido para estabelecimentos particulares, caso opte por ser atendido via plano de saúde, desde que seja requisitado pelo mesmo ou por familiares.

Em caso de situações mais graves mantém aos profissionais envolvidos no atendimento de urgência a avaliação final do estado clínico dos atendidos e a escolha sobre o procedimento a ser adotado de acordo com a gravidade do caso, devendo o procedimento adotado constar no registo de ocorrência.

Carlinhos da Farmácia, autor do projeto, acredita que em muitos casos esse procedimento poderá desafogar o atendimento nos estabelecimentos públicos de saúde, evitando que a pessoa que tenha plano de saúde ocupe o lugar de quem precisa do SUS.

Carlinhos da Farmácia, autor do projeto, acredita que em muitos casos esse procedimento poderá desafogar o atendimento nos estabelecimentos públicos de saúde, evitando que a pessoa que tenha plano de saúde ocupe o lugar de quem precisa do SUS.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: