Gastronomia Geral

Cervejarias brasileiras estão entre as mais premiadas da América Latina

Ranking Latinoamericano da La Birra Magazine mostra Cervejaria Pratinha em segundo lugar com um total de 5 medalhas conquistadas em 2018

Esta semana, a La Birra Magazine – publicação dedicada ao universo da cerveja artesanal na América Latina – divulgou um ranking com as cervejas mais premiadas no ano de 2018. A Cervejaria Pratinha, de Ribeirão Preto, ficou em segundo lugar com um total de 5 medalhas conquistadas com 4 rótulos diferentes, estando atrás apenas da trendy argentina Juguetes Perdidos.

Entre as brasileiras mais bem colocadas, além da Pratinha em 2º lugar, a cervejaria Tupiniquim ficou em 7º, a Antuérpia em 8º, a Dama em 14º, Lohn em 16º, Bamberg em 17º, Unika em 18º e Kingbier em 22º. O critério para a lista é o peso e importância dos prêmios e medalhas conquistados no ano de 2018.

Além disso, o ranking também divulgou as melhores cervejas em outras 10 categorias, incluindo o Hidromel mais premiado.

ranking da La Birra Magazine confirma a trajetória super premiada da Cervejaria Pratinha. Em poucos anos,  a sua carta de cervejas vem colecionando importantes premiações e medalhas de concursos cervejeiros nacionais e internacionais, com destaque para três medalhas de ouro no Mondial de la Bière (2019); Melhor Cerveja das Américas com a Culotte de La Duchesse pela Copa de Cervezas de América e Medalha de Prata como Melhor Cervejaria das Américas, pelo mesmo concurso em 2018.

Outros destaques são premiações no World Beer Awards em design e cervejas (2018), segundo lugar em sustentabilidade no Brasil Brau (2017), medalhas no International Beer Challenge 2017 e 2018 em Londres, Festival Brasileiro de Cerveja em Blumenau, 2018 e 2019 e Aro Rojo no México, 2017 e 2018 e mais 2 medalhas no World Beer Awards de 2019.