Geral PM

Coronel Stanellis, que comandou os Bombeiros no Litoral Norte, assume o comando do CPI-1

O coronel José Eduardo Stanellis, de 55 anos, assume nesta segunda(11), o comando do CPI-1(Comando do Policiamento do Interior), em São José dos Campos. Stanellis substituirá o coronel Coronel PM – Lourival da Silva Júnior, que a partir desta segunda(11), assumirá o comando  do Policiamento Rodoviário no Estado de São Paulo.

Stanellis estava no comando do Policiamento Metropolitano da capital paulista. O coronel foi homenageado, em 2017, pela Câmara dos Deputados, por sua atuação em ações no combate ao crime na capital.  

O novo comandante do CPI-1, responsável pelo Vale do Paraíba e Litoral Norte tem profundas ligações com Caraguá e região.

Em Caraguá, Stanellis estudou no colégio Thomas Ribeiro de Lima e no Módulo. Seu pai, o coronel José Lopes de Aquino, falecido em 2014, foi o primeiro comandante da PM no Litoral Norte e também comandante do CPI-1- cargo que  seu filho ocupará nesta segunda(11), em 1988.

Stanellis, que foi comandante do Corpo de Bombeiros no Litoral Norte, é formado em direito pela Unisal e casado com Luz Marina Poddis, que já exerceu o cargo de secretária municipal em Caraguá. 

Memória   

Coronel Aquino- o primeiro comandante da PM no Litoral Norte

Coronel Aquino, o 1º comandante da PM no Litoral Norte

O coronel Eduardo Stanellis é filho do primeiro comandante da Policia Militar no Litoral Norte, o coronel José Lopes de Aquino, até hoje lembrando com muito carinho pela população mais antiga da região.

Aquino nasceu na Ilha Anchieta, em Ubatuba, filho de Natanael de Aquino e Augusta Lopes de Aquino, em 19 de março de 1940. Seu pai trabalhava no Presídio da Ilha Anchieta. Aos 18 anos, Aquino, ingressou na Academia da Força Pública de São Paulo, atual Academia de Polícia Militar, do Barro Branco. Em 1962, tornou-se aspirante a oficial.

Logo após ter se formado, foi trabalhar na PM de Ribeirão Preto. Lá permaneceu por dez anos, chegando ao comando da 1ª e 3ª Companhia da PM e da 1ª e 4ª seção do Estado Maior. No final de 72 foi transferido para a cidade de Santos, para prestar serviços no 6º BPMI. Em 1974, foi comandar a 3ª Companhia Independente da PM em Itapecerica da Serra.

Em dezembro de 1975, assumiu o comando do recém-implantado 20º Batalhão da Polícia Militar no Litoral Norte. Comandou o batalhão até 1985. Em 1987 foi promovido a coronel e em 1988 assumiu o comando da 1ª Área de Policiamento do Interior, em São José dos Campos, comandando a PM da região do Vale do Paraíba e Litoral Norte. Entrou em seguida para a reserva.

O  comandante Aquino era um policial militar diferente. Sempre foi muito atencioso com a imprensa e gostava de escrever poemas. Aquino, que faleceu em 2014, era casado com Anna Stanellis de Aquino com quem teve três filhos: José Eduardo, Tânia Mara e Jessé Maurício.

 

1 Comentário

  • Boa noite aos amigos do jornal Tamoios News. Gostaria de agradecer o carinho com que vocês noticiaram a minha assunção de comando no CPI/1. Tenho grandes projetos para a região e procurarei atender as expectativas das pessoas de bem, que trabalham incansavelmente para a grandeza deste país. As pessoas são a razão de ser do trabalho da Policia Militar. Estou de portas abertas para todos. Tenho um grande respeito pelos profissionais da imprensa. Estou a disposição para o quê os senhores(as) precisarem. Um grande abraço. Coronel PM Stanelis – Comandante do CPI/1.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: