Geral São Sebastião

Dersa avisa que travessia poderá ser interrompida quando baleias cruzarem o Canal de São Sebastião

A DERSA fez um comunicado neste domingo(23), informando que devido ao relato de presença excessiva de baleias na costa norte do litoral paulista, a travessia São Sebastião-Ilhabela pode sofrer interrupção em sua operação.

A medida está sendo adotada devido ao grande número de baleias que passam pelo Canal de São Sebastião, justamente, no percurso das balsas. A Dersa deve ter orientado os operadores das embarcações para “interromper” a travessia caso as baleias estejam cruzando o canal, entre São Sebastião e Ilhabela. A empresa está colaborando para evitar colocar em risco a travessia e, principalmente, os animais.

Baleias quase são “atropeladas” por balsa no Canal de São Sebastião. Fotos: Projeto Baleia à Vista

No sábado, quase ocorreu um acidente envolvendo as balsas da Dersa e as baleias. Segundo Júlio Cardoso, do Projeto Baleia à Vista, as baleias conseguiram desviar do percurso das balsas, evitando um acidente mais grave. Confira o vídeo, produzido pelo Projeto Baleia à Vista, do momento em que as baleias nadam próximo as balsas no Canal de São Sebastião:

 

Cuidados

As baleias continuam aparecendo em grande número na região. No sábado(22), apenas o Projeto Baleia à Vista, registrou a passagem de 16 baleias Jubartes, em apenas quatro horas.

Segundo Júlio Cardoso, coordenador do projeto Baleia à Vista, entre 10 e 14 horas, foram avistadas 9 baleias passando pelo Sul de Ilhabela e outras sete delas no Canal entre Ilhabela e São Sebastião. Mais de cem baleias já foram avistadas na região nos últimos dias.

As baleias passam pelo Litoral Norte vindo da Antártica em direção a Abrolhos, no sul da Bahia, onde se reproduzem. Elas passam pela região entre junho e setembro. Este ano, cresceu muito o número de baleias de passagem pelo Litoral Norte.

Segundo Cardoso, existem várias hipóteses sobre o aumento do número de baleias em passagem pelo Litoral Norte. Cardoso acredita que a população de baleias jubarte aumentou depois do final da caça há 30 anos e nestes casos em qualquer espécie os indivíduos mais jovens buscam novos territórios e as baleias que estão passando por aqui em sua maioria são jovens.

Outra hipótese, segundo ele, é que as jubartes até 3 anos atrás faziam uma rota migratória mais distante da costa e esta mudança de chegar mais perto tem a ver com essa busca de novos territórios, mas também parece que elas buscam aguas mais protegidas para descansar um pouco e buscar alimento.

” O fato e’ que muitas estão mudando sua rota migratória e encostando em áreas novas onde talvez frequentassem há séculos atrás e estão reocupando seus territórios”, comentou Cardoso, que na semana passada foi um dos palestrantes de um simpósio internacional sobre baleias e avistagem em Vitória(ES).

O coordenador do Projeto Baleia à Vista, Júlio Cardoso, passou a adotar medidas preventivas para proteger as baleias durante a passagem pelo canal. O sistema de comunicação de rádio do Iate Clube de Ilhabela desde sábado(22), emite alerta aos proprietários de embarcações informando a presença das baleias na área.

O rádio do Iate Clube de Ilhabela, atendendo recomendação de Cardoso, que é diretor do clube, fez vários alertas aos proprietários de lanchas e barcos, no sábado e domingo, para pedir que as embarcações não se aproximassem dos animais. Muitos barcos acabaram desrespeitando as normas de avistagem e se aproximaram muito das baleias no fim de semana.

No domingo, a Dersa informou que a travessia deverá ser interrompida quando da passagem dos animais pelo canal. Uma medida muito importante adotada pela empresa. Muitas baleias se aproximam da costa e cruzam o canal por trafegam as embarcações da Dersa. Outras, cruzam a região pelo lado sul da ilha, em mar aberto.

“Cardoso, do Projeto Baleia à Vista, entende que é preciso criar um protocolo de segurança, que seja acionado, quando elas atravessarem o canal de Ilhabela/São Sebastião. “Vamos precisar criar protocolos para navegação em segurança e com muita atenção e velocidade limitada, quando for dado o alerta de baleias navegando pelo canal , para evitar acidentes com elas”, destacou Cardoso.

Cardoso divulgou as medidas de segurança para avistagem segura das baleias que passam pela região. As normas ou regras de observação devem ser seguidas pelos proprietários de embarcações. Elas garantem a segurança dos observadores e, principalmente, das baleias. Confira:

.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: