Caraguatatuba Geral

Fundação Casa deve concluir em 90 dias sindicância sobre rebelião em unidade de Caraguá

A assessoria de imprensa da Fundação Casa informou que o resultado da sindicância aberta pata apurar a rebelião, ocorrida na unidade de Caraguá, deverá ser concluída em 90 dias.

A assessoria informou que não teria havido remoção de jovens que lideraram o motim que as investigações ocorrem em sigilo. Não foi possível apurar o que teria provocado a rebelião.

A rebelião ocorreu na unidade, que fica na Estrada do Pirassununga, na região sul de Caraguá, no início da noite de quarta (12).
Os internos se rebelaram por volta das 18 horas, ocuparam algumas alas do centro educativo e depredaram várias instalações. Os jovens não fizeram reféns e nem feriram nenhum dos funcionários do estabelecimento.

A Polícia Militar foi acionada e se postou no lado interno da unidade, para impedir a possível fuga dos jovens acolhidos no local.

Segundo nota divulgada pela Fundação Casa, o tumulto teve início por voltas das 18h e acabou às 19h30 e foi controlada pelos próprios servidores do centro socioeducativo.
A assessoria confirmou que não houve feridos e reféns e que a Polícia Militar foi acionada somente para dar apoio externo.
A fundação acionou o Instituto de Criminalística da Policia Civil para fazer uma perícia no centro e apurar os danos causados pelos jovens acolhidos no local.
O CASA Caraguatatuba está com 59 jovens em atendimento, a capacidade é de 64. Segundo a fundação, o judiciário e os familiares dos jovens envolvidos serão informados do ocorrido.
Em dezembro de 2013, após rebelião, 54 internos fugiram do local. Na ocasião, o MP(Ministério Público) chegou a pedir a interdição do estabelecimento.

 

%d blogueiros gostam disto: