Geral

Greve dos Bancos: Categoria rejeita proposta da Fenaban e mantém paralisação

Foto: Gustavo Nascimento

Nova negociação está prevista para terça-feira (13)

Terminou sem sucesso a rodada de negociações prevista para esta sexta-feira (9) entre os bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). A categoria rejeitou a proposta apresentada de 7% de reajuste e um abono de R$3,3 mil.

Segundo informou o Sindicato dos Bancários de São José dos Campos e região, o índice apresentado não repõe a inflação do período, de 9,57%, resultando numa perda de 2,39% à categoria. Também não houve avanços nas propostas quanto às cláusulas econômicas ou sociais.

O Comando Nacional dos Bancários rejeitou a proposta na mesa e solicitou a continuidade das negociações.

“A Fenaban insiste no mesmo modelo de proposta, com índice abaixo da inflação e abono. Desta vez a perda imposta aos trabalhadores é de 2,39% mediante a inflação e não foram apresentadas quaisquer propostas em relação à garantia de emprego, saúde e condições de trabalho ou segurança. A categoria deve, portanto, seguir firme com a paralisação, ampliando-a, pois os bancos têm plenas condições de apresentar uma proposta digna, que não resulte em perdas para os bancários”, avalia o vice-presidente da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, Jeferson Boava.

Esta é a segunda proposta apresentada pela Federação dos bancos, que no dia 29 de agosto, ofereceu índice de 6,5% sobre salários, vales e demais verbas e R$ 3 mil de abono. Sindicatos de todo o país realizaram assembleias e aprovaram a rejeição à proposta com indicativo de greve a partir da 0h00 do dia 6 de setembro (terça-feira).

Segundo o Sindicato, nas cidades de São Sebastião, Caraguatatuba e Ilhabela existem 27 agências, que permanecem 100% sem atendimento ao público, com 348 bancários que cruzaram os braços.

A próxima rodada de negociação está prevista para terça-feira (13), às 14h, em São Paulo.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: