Geral

IA na edição de vídeo

Foto: Divulgação

Nos últimos anos, a IA, que significa inteligência artificial, está cada vez mais presente em tecnologias acessíveis a todos, facilitando uma série de atividades e aplicações, das mais simples às mais complexas.

Um ótimo exemplo de como a IA agora está acessível a todos os públicos, especialmente quando se trata de edição de vídeo, é a InVideo plataforma. Um serviço de edição que oferece uma série de ferramentas e processamentos operando em Cloud Computing, ou seja, por meio de cloud computing.

A ferramenta possui conversões de vídeo, música, templates, imagens e uma série de recursos e arquivos que são aplicados automaticamente, como tecnologia de mudança de fundo, transições, mudanças de camada, entre outros.

Curadoria de vídeo com IA

Um dos recursos mais notáveis ​​quando se trata de IA na edição de vídeo surgiu em 2016, quando a IBM conseguiu demonstrar resultados impressionantes, alcançados por seu supercomputador Watson, que automatizou a curadoria de vídeo, criando um trailer com filmagens do filme de terror “Morgan”.

A IA empregada por Watson conseguiu analisar uma série de filmes e seus respectivos trailers, em seguida aplicou os mesmos critérios estabelecidos pela maioria dos produtores para selecionar as cenas e criar o trailer que consideravam ideal para “Morgan”.

Sob parâmetros normais, um editor humano levaria horas ou até dias para selecionar os cortes e montá-los para criar um trailer atraente para os espectadores, algo que a IA conseguiu em uma fração do tempo. É evidente que o serviço de curadoria de vídeos, mesmo que não seja utilizado na sua totalidade, pode pelo menos avançar uma boa parte do trabalho realizado pelo editor, que apenas faria a montagem da pré-selecção.

Essa tecnologia também já é empregada em recursos comuns, como o dispositivo Google Clips, que captura automaticamente os momentos que julga interessantes de acordo com um algoritmo de IA. Assim como muitos editores de vídeo, incluindo InVideo, têm um recurso de curadoria semelhante.

O impacto da IA ​​na automação da edição de vídeo

Embora alarmistas e pessoas mais cautelosas com as novas tecnologias tentem argumentar que a inteligência artificial vai roubar as pessoas de seus empregos, a IA é um recurso que é aplicado com a intenção de auxiliar processos, dos quais sempre precisarão humanos intervenção para fazer os ajustes finais e verificações de toda a obra.

Esse medo também esteve presente quando a edição de filmes passou de grandes rolos de fitas para o formato digital, quando os editores temiam por seus empregos, porém, os profissionais precisaram apenas se adaptar a uma nova tecnologia que facilitou o trabalho, reduzindo drasticamente a demanda.

Essa é apenas a ponta do iceberg no que diz respeito a como a inteligência artificial pode facilitar os processos realizados em um editor de vídeo, afinal, é importante ressaltar que os recursos, mesmo sendo usados ​​popularmente, estão em sua fase inicial. estágios, com a possibilidade de recursos que podem ser aprendidos e empregados pela IA que ainda não podem ser totalmente medidos.