Geral Turismo

Ilhabela e Ubatuba se preparam para a temporada de cruzeiros

Vai começar a temporada de cruzeiros 2019/2020. Ilhabela e Ubatuba são as únicas cidades na região incluídas nos roteiros deste ano. As prefeituras iniciam os preparativos para recepcionar os cruzeiristas. São Sebastião e Caraguá também querem entrar na rota dos cruzeiros

Por Salim Burihan

As prefeituras de Ilhabela e Ubatuba começam os preparativos para a temporada nacional de Cruzeiros 2019/2020. A temporada será a mais longa, com 928 dias, começando dia 15 de novembro e se encerrando no dia 14 de abril.

Serão oito navios, com capacidade para 530 mil leitos, que deverão acomodar 500 mil cruzeiristas ao longo da temporada.  As operadoras oferecem 144 roteiros e 575 escalas, entre elas, paradas em Ilhabela e Ubatuba.

Ilhabela tem confirmadas 61 paradas, mas esse número poderá ser maior. Na temporada passada, Ilhabela recebeu 64 navios. O faturamento na ilha foi de R$ 73 milhões, além da geração de empregos.

Ubatuba recebeu uma parada na temporada passada. Este ano já tem três agendadas, duas em dezembro e uma em março. A prefeitura espera ampliar o número de navios de cruzeiro no município ao longo da temporada.

Navios

O primeiro navio a atracar na costa brasileira será o MSC Fantasia, no dia 15 de novembro, em Salvador, e o último será o Costa Fascinosa, com embarque no dia 14 de abril, em Santos, para oito dias de viagem.

Ilhabela receberá seu primeiro navio no dia 2 de dezembro. Ubatuba tem escala agendada para o dia 12 de dezembro.

Oito embarcações vão percorrer a costa brasileira:  MSC (Seaview, Sinfonia, Fantasia, Musica e Poesia), Costa (Pacifica e Fascinosa) e Pullmantur (Soberano – fretado pela CVC Corp).

Os destinos que incluem  Rio de Janeiro, Santos, Búzios, Salvador, Ilha Grande, Ilhabela, Ilhéus, Balneário Camboriú, Portobelo, Cabo Frio, Recife, Angra dos Reis, Maceió, Ubatuba e Fortaleza, terá uma novidade este ano: Itajaí, em Santa Catarina. Nos próximos anos, Caraguatatuba e São Sebastião, também,  pretendem receber navios de cruzeiros(leia texto abaixo).

Na temporada 2028/2019 foram sete navios e 462 mil cruzeiristas que movimentaram R$ 2 bilhões na economia. Na temporada 2019/2020 a expectativa da CLIA Brasil é que o setor fature  R$ 2, 2 bilhões.

Litoral Norte

A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Turismo informa que a estrutura de três flutuantes de alumínio que servem aos navios será mantida, pois durante o encontro da CLIA BRASIL foi muito elogiada pelas companhias.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo tem o contrato de aluguel válido dessas estruturas e já autorizado pela Antaq (Agência Nacional de Transporte Aquaviários), porém entrou com processo de compra das mesmas. Assim que for efetivada, serão substituídas por estruturas próprias a fim de fornecer segurança às operadoras de que Ilhabela estará sempre pronta a receber os navios.

Pier da Ilha está pronto para receber os tenders, lanchas que transportam turistas dos navios para a ilha

A reforma do píer da Vila, assim como de outros danificados na cidade e dos quatro flutuantes de concreto, também já foi assinada e deve começar agora em novembro, estando pronta para a chegada do primeiro navio dia 2 de dezembro.

Foram feitas reuniões com as empresas que participam do receptivo de navio e no dia 1º de novembro se iniciará o credenciamento. Nesse ano também será oferecido um tour histórico pela Vila. O calendário de dezembro prevê eventos como a abertura da Temporada de Mergulho e exposições fotográficas como Alcatrazes, que será um atrativo a mais para os turistas. Os artesãos também vão ganhar um espaço especial, mais atrativo ao público.

Para a secretária Bianca Colepicolo “Ilhabela já é um destino consolidado de navios e creio que outras cidades do Circuito Litoral Norte entrando nessa área só fortaleceria nossa região, trazendo mais navios para cá. As empresas de navio de Turismo querem segurança jurídica e infraestrutura para investirem mais no Brasil. Ilhabela está trabalhando para fazer a parte que pode como município e ser um destino cada vez mais confiável de Turismo seguro e eficiente para os passageiros dessas companhias”.

A prefeitura de Ubatuba busca ampliar o número de paradas de navio na cidade. Segundo o prefeito Délcio Sato, o objetivo é que nos próximos anos um número maior de navios façam escalas na cidade.

“É um segmento turístico muito importante para Ubatuba. Na temporada passada, as empresas gostaram da estrutura que oferecemos e os turistas, principalmente, estrangeiros, ficaram encantados com as nossas praias, belezas naturais e gastronomia”, comentou Sato.

O secretário de Turismo, Potiguara do Lago, disse que o píer do Itaguá, onde atracam os tenders(lanchas que transportam turistas dos navios até os piers) receberá uma nova manutenção.

Estrutura montada pela prefeitura de Ubatuba agradou cruzeiristas e empresas na temporada passada

O receptivo está sendo organizado em reuniões com agências de turismo, taxistas e o comércio de uma maneira geral. Segundo ele, os contatos feitos com a Clia Brasil e as empresas operadoras devem garantir um número maior de navios na cidade.

“Estamos procurando oferecer boas condições às empresas e aos turistas dos cruzeiros. O aumento no número de navios deve ocorrer nos próximos anos”, comentou Potiguara.

Negociando

As prefeituras de São Sebastião e Caraguatatuba também pretendem entrar na rota dos navios de cruzeiros. Em São Sebastião, o prefeito Felipe Augusto viabiliza o projeto do Homeport, na praia do Balneário dos Trabalhadores, local que deverá receber uma estrutura para atracação de navios e atendimento aos cruzeiristas.

Em São Sebastião, prefeitura tem projeto de homeport para receber navios

A prefeitura obteve uma verba de R$ 200 milhões do Ministério do Turismo para seus projetos, que incluem ainda, uma marina pública na região central. A prefeitura acredita que nos próximos dois anos os navios de cruzeiro devem atracar na cidade.

Em Caraguatatuba, o prefeito Aguilar Júnior, também, quer que os navios de cruzeiro façam escala na cidade. O hoteleiro e também, secretário de Comunicação, Rodrigo Tavano. participou, recentemente, de uma reunião da Clia Brasil para iniciar as primeiras conversações sobre a possibilidade de incluir a cidade na rota dos navios.

 

 

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: