Geral Litoral Norte

Litoral Norte teve 30 homicídios no primeiro semestre de 2019

O Litoral Norte teve 30 homicídios nos primeiros seis meses de 2019. Caraguá teve 16 mortes, ou seja, mais de 50% dos crimes ocorreram na cidade.

O número de mortes em Caraguá é considerado elevado para uma cidade de 130 mil habitantes. São José dos Campos, com população de cerca de 900 mil habitantes, sete vezes maior que Caraguá, registrou 21 homicídios no mesmo período.

No mesmo período do ano passado a região contabilizou 32 mortes, sendo 11 em Caraguá; 10, em Ubatuba; nove, em São Sebastião; e, uma, em Ilhabela.

Em todo o ano de 2018 foram registrados 52 homicídios no Litoral Norte, com 20 mortes em Caraguá; 19, em Ubatuba; 11, em São Sebastião; e, duas, em Ilhabela

Os dados estatísticos foram divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. Caraguá continua sendo a cidade mais violenta na região.

Ubatuba foi a segunda cidade mais violenta: registrou nove mortes entre janeiro e junho deste ano. São Sebastião, no mesmo período, teve cinco homicídios. Ilhabela não registrou num homicídio nos primeiros seis meses de 2019.

A região registrou 88 casos de estupros, mais de 50% deles, ocorridos em Caraguatatuba, que contabilizou no período 45 casos. Ubatuba teve 19 estupros e São Sebastião, 18 casos. Ilhabela teve seis estupros entre janeiro e junho. Ao longo de todo o ano passado a região teve 118 estupros, cerca de 50% deles, registrados em Caraguá(49 casos).

Apenas um caso de latrocínio(roubo seguido de morte) foi registrado no Litoral Norte entre janeiro e junho deste ano, foi em Caraguatatuba. Em 2018, foram cinco latrocínios na região.

Foram registrados 556 roubos na região nos primeiros seis meses de 2019 e mais uma vez, a cidade de Caraguatatuba lidera este tipo de crime, 256 roubos ocorreram na cidade. Ubatuba teve no período 196 roubos; São Sebastião, 98; e, Ilhabela, 17.

A região registrou 2.557 furtos, sendo 976 em Caraguá; 790, em Ubatuba; 508, em São Sebastião; e, 283, em Ilhabela.

Entre janeiro e junho foram registrados 18 roubos de veículos, 15 deles, em Caraguá. Foram contabilizados cinco roubos de carga, quatro deles, em Ubatuba.

 PM

A Polícia Militar divulgou recentemente um balanço dos indicadores na região. O Litoral Norte reduziu  os indicadores controlados pela Secretaria de Segurança Pública no período de janeiro a junho de 2019.

Tenente coronel Cesar Eduardo, comandante da Policia Militar no Litoral Norte

Os indicadores de homicídio dolosos e latrocínios, maior desafio da região, tiveram uma redução de 10% no período, em comparação ao mesmo período de 2018. Os delitos de roubo tiveram uma redução na ordem de 20% em todo Litoral Norte.

Ainda houve uma redução de 32% dos roubos de veículos, não sendo registrada nenhuma ocorrência de roubo a banco em toda região no período.


Segundo a PM, o trabalho das polícias na região resultou em 495 prisões em flagrante delito, além de 49 armas apreendidas, 174 quilos de entorpecentes apreendidos, 28 menores apreendidos na prática de ato infracional e 168 procurados da justiça recapturados.


Como estratégia operacional, a Polícia Militarinforma que promove operações de presença nos locais de maior incidência de ocorrências, tais como as Operações São Paulo mais Seguro, Rodovia mais Segura, Interior mais Seguro e especificamente em nossa região a Operação Integrada, que visa a atuação em conjunto de várias forças de segurança atuando de forma preventiva e repressiva no combate ao crime.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: