Geral Mundial de Surfe

Medina e Filipe Toledo buscam a reabilitação na etapa de Saquarema(RJ)

Os surfistas Gabriel Medina (São Sebastião) e Filipe Toledo(Ubatuba) perderam posições no ranking do mundial 2019 após a quarta etapa realizada em Margaret River, na Austrália, vencida pelo havaiano John John Florence.

O havaiano lidera o ranking após quatro etapas com 27.415 pontos, após somar duas vitórias, um 3º e um 17º lugar nas provas disputadas até agora.

Toledo venceu em Saquarema no ano passado

Filipe Toledo perdeu duas posições e caiu para a 6ª colocação no ranking, com 17.195 pontos.

Toledo, nas quatro etapas disputas, ficou em 9º na primeira; em 2º, na segunda; em 5º, na terceira; e, em 17º na última.

Toledo já faturou US$ 97,6 mil nas quatro etapas disputadas. A última vitória de Toledo foi em J-Bay, na África do Sul, em julho de 2018.

Medina despencou da 6ª para a 12ª colocação no ranking mundial. Tem 12.150 pontos. Nas quatro etapas disputadas, obteve dois 5º lugares e dois 17º lugares.

Medina não tem feito um bom mundial

Medina faturou US$ 57 mil. Sua última vitória na WSL foi em dezembro do ano passado, em Pipeline, no Havaí, quando faturou o bicampeonato mundial.

O melhor brasileiro no ranking é Ítalo Ferreira, na 3ª posição, com 20.820 pontos. Ferreira obteve uma vitória, dois 5º lugares e um 17º lugar. Já faturou US$ 146,5 mil.

Medina e Toledo buscar a recuperação no ranking mundial. Eles vão competir em casa na próxima etapa, que será realizada de 20 a 28 deste mês, em Saquarema, no Rio de Janeiro.

No ano passado, Filipe Toledo foi o vencedor da etapa, derrotando o australiano Wade Carmichael, que tinha eliminado Gabriel Medina, nas quartas de final.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: