Litoral Norte Polícia

Vítima de sequestro no Vale é libertada pela PM

Taxista sequestrado com Pms que fizeram o resgate. Fotos Camilo Neder.

Mulher do taxista estranhou falta de contato do marido e acionou o Copom  

Por Salim Burihan

A PM de Caraguá libertou, no início da tarde, deste sábado (26), o taxista Luiz Fernando de Matos, de 48 anos, vítima de sequestro, em Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba.

Ele foi sequestrado, às 8h30, em Pinda, por um casal. Ele foi rendido pelos sequestradores e, em seguida, amarrado e colocado no porta-malas do carro.

Os sequestradores circularam pelas cidades de Pinda, Taubaté e Ubatuba, antes de serem presos pela PM em Caraguá, por volta das 14h30.

O taxi do motorista, um Wolksvagem Polo, de placas EPV-7663, de Pindamonhangaba, foi interceptado pela PM, na ponte sobre o Rio Santo Antônio.

A ação da PM interditou o tráfego de veículos por alguns momentos no local. Muitos curiosos foram acompanhar a ação da PM.

Os sequestradores não reagiram. Luiz foi localizado no porta-malas do carro, ainda bastante assustado.

Um dos sequestradores foi identificado como Rogério Correa da Silva. A identidade da mulher não foi revelada.

A dupla foi removida para a delegacia de polícia onde foi elaborado o boletim de ocorrência.

Luiz Fernando, taxista.
Foto-Camilo Neder

A reportagem entrevistou o taxista Luiz Fernando de Matos, de 48 anos, de Pindamonhangaba.

Ele contou, que atendeu o casal por volta das 8h30, para fazer uma corrida até o bairro Cidade Nova, em sua cidade.

“No caminho, o rapaz colocou uma faca no meu pescoço e mandou parar o carro. Fui amarrado e colocado no porta-malas. Fique com muito medo, não sabia o que pretendiam fazer comigo”, disse.

Segundo Luiz, o casal circulou com seu taxi pelas cidades de Pinda e Taubaté e, em seguida, o carro desceu em direção ao Litoral Norte, pela rodovia Oswaldo Cruz, que liga Taubaté a Ubatuba.

Depois, segundo ele, seguiram em direção a Caraguá, onde os sequestradores acabaram sendo presos pela PM, a partir de informações repassadas pelo Copom (Centro de Operações da Polícia Militar).

Quando o veículo dirigido por Rogério passava pelo local, foi interceptado. O casal foi preso e o taxista Luiz acabou sendo libertado.

Segundo Luiz, seu resgate foi possível, graças à ajuda de sua esposa. É que ela tentou falar com ele várias vezes, na manhã deste sábado e, não conseguiu.

“Minha esposa sempre procura falar comigo pelo celular, preocupada com a possibilidade de assalto. Ela estranhou a falta de contato e decidiu acionar a PM” contou Luiz.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: