Política São Paulo

Assembléia cria Frente Parlamentar para Regulamentar e Fiscalizar Travessia de Balsa

Frente Parlamentar, uma iniciativa do deputado Paulo Corrêa Jr,  quer melhorias no serviço de travessia já na próxima temporada de verão.

Deputado Paulo Corrêa em visita ao Tamoios News

Atento aos problemas da região, o deputado estadual Paulo Corrêa Jr. (PATRI) já tem a data marcada para lançar a Frente Parlamentar de Regulamentação do Transporte Hidroviário por meio do Serviço de Travessia de Balsas do Estado de São Paulo, apresentada na última semana na ALESP.

O lançamento será na próxima quinta-feira, 13 de dezembro, às 11h, no plenário da Câmara Municipal de Santos e contará com a presença de órgãos como a Dersa, a CET, o Ministério Público e a Sociedade de Melhoramentos da Ponta da Praia.

O diretor de operações da Dersa Eduardo Di Gregório fará a abertura da frente apresentando novos projetos desenvolvidos pela companhia, que vão de encontro com os anseios da sociedade.

“O objetivo é estudar, debater e analisar a regulamentação do acesso de prioridades à balsa. Mais do que isso, queremos unir forças estaduais e municipais para melhorar a qualidade de todo o serviço de travessia para a população”, afirma o deputado.

Dersa

Corrêa Jr e o vereador santista Sadao Nakai (PSDB) foram a Dersa na quinat (6) para apresentar ao diretor presidente, Hamilton de França Leite e ao diretor de operações Di Gregório, a frente parlamentar e mostrar o porquê ela foi criada.

“Foi bom constatar que estão buscando, assim como nós, melhorias no serviço de travessia. A temporada de verão está batendo a nossa porta, precisamos nos preparar para atender a todos da melhor forma possível”, concluiu Corrêa Jr.

Como tudo começou

Após reunião com o vereador de Santos, Sadao Nakai (PSDB), que discutirá o tema na Câmara de Santos por meio de uma CEV (Comissão Especial de Vereadores), Corrêa Jr. decidiu somar força ao tema e promover estudos, debates e análises acerca da regulamentação do acesso de prioridades nas travessias de balsa do Estado.

Foi constatado que pessoas usam de má-fé quanto ao uso de prioridades, acarretando mais problemas na fila e, consequentemente, na qualidade do serviço. Como exemplo, pessoas que usam o cartão do idoso sem estar com o próprio no veículo.

“Não queremos tirar esse direito dos que realmente o necessitam e tem, porém é preciso que exista uma regulamentação para o acesso das pessoas que de fato possuem essa prioridade, como: idosos, gestantes, portadores de deficiência, entre outros. É importante que haja uma fiscalização, pois isso, com certeza afeta na prestação desse serviço ”, afirmou o deputado.

 

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.