Política São Paulo

Dória reúne-se com Bolsonaro e inicia ações para privatizar a rodovia Rio-Santos

O governador de São Paulo, João Dória esteve reunido nesta quinta(10), em Brasília, com o presidente Jair Bolsonaro. Antes do encontro com Bolsonaro, Dória e seus secretários,  reuniram-se com o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, onde foi discutida a possível privatização da Rodovia Rio-Santos e a implantação do trem intercidades para Campinas e São José dos Campos.

Dória na reunião com o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas

Segundo Dória, a rodovia Rio-Santos é de fundamental importância para o desenvolvimento do turismo, por isso, deve ser concessionada e operada pelo setor privado.

“A Rio-Santos é uma rodovia fundamental para o turismo, para a geração de empregos e renda. Acreditamos que, a partir dessa reunião, deveremos definir prazos  e dar sequencia aos entendimentos”, disse Dória.

O ministro Tarcísio Gomes de Freitas disse, que a rodovia Rio-Santos, pode entrar na nova concessão da Nova Dutra, concessionária que administra a Rodovia Presidente Dutra.

Bolsonaro

No encontro com Bolsonaro, Dória tratou de quatro questões. A privatização e mudança de endereço do Ceagesp; Dória quer construir no local um centro de tecnologia.

Dória falou também sobre o Campo de Marte. O governador que o fim dos pousos e decolagens e a transformação do local em um parque aeronáutico. Conversou com Bolsonaro sobre a participação dos dois no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suiça e sobre a Previdência.

Dória deixou claro ao presidente, que todos os deputados do PSDB e dos partidos que lhe apoiaram, em São Paulo, votarão pela reforma da previdências social.

2 Comentários

  • Oficialmente a rodovia Rio-Santos é a BR-101 que no estado de São Paulo percorre entre a divisa do estado do RJ e o município de Ubatuba, de responsabilidade federal, DNER, O restante da rodovia, entre Ubatuba até a rodovia Piaçaguera-Guarujá , é a SP-55 de responsabilidade do Estado de SP – DER.
    Este acordo seria, aparentemente apenas referente ao trecho entre a divida do estado do RJ e Ubatuba, pois seria entregue aos cuidados da Nova Dutra (sem licitação?) que é concessionária de outra rodovia federal, a Dutra.
    Se for isso mesmo, então não vejo muita vantagem para o litoral norte de SP, pois o grande movimento é entre a Costa Sul de São Sebastião até Ubatuba, no trecho estadual da rodovia.

    • realmente ficou no ar qual trecho exato ou se a notícia se refere à toda via, independente do nome hj, que corta o litoral norte todo….bertioga/ubatuba….interessante seria que a matéria fosse completa e ajustada com a real proposta, incluindo a adoção de novos pedágios, que tenho certeza nos interessaria muito saber!

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.