Geral São Sebastião

Prefeitura de São Sebastião concede reajuste salarial de 5,07% ao funcionalismo

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, assinou decreto de revisão geral anual de vencimento dos servidores na manhã desta quarta-feira (22).

O reajuste de 5,07% fica concedido aos servidores públicos municipal do quadro permanente e cargos em comissão do Poder Executivo. O reajuste é extensivo aos aposentados e pensionistas.

De acordo com o prefeito, a reposição das perdas aos servidores municipais ocorre em momento financeiro que inspira cuidados, e o cálculo do reajuste foi tomado com responsabilidade, e contabilizou os impactos financeiro.

“Tudo sendo possível graças à austeridade fiscal e responsabilidade com o dinheiro público e seriedade do Governo Municipal”, disse o prefeito Felipe Augusto.

A prefeitura de São Sebastião tem cerca de 4 mil servidores e um orçamento de R$ 800 milhões em 2019.

Sindeserv

A diretoria do Sindserv (Sindicato dos Servidores de São Sebastião) publicou uma nota sobre o reajuste concedido  pela  prefeitura em seu site. O Sindicato afirma que segue na luta para garantir todos os direitos da Pauta de Reivindicações. Confira a nota:

A diretoria do Sindserv, com aprovação dos servidores, tomou todas as medidas para deixar claro que o índice apresentado pela administração no Dia do Trabalhador de 3,94% não atende as necessidades da categoria e não chega, ao menos, na inflação da data-base 2019. Após cobranças, por meio dos Ofícios 53 e 59, dos dias 2 e 9 de maio, o Sindicato conquistou uma contraproposta da prefeitura para a reposição salarial de 5,07%. Os dirigentes afirmam que o trabalhador merece valorização e respeito e seguirão com as atividades sindicais para garantir todos os direitos da Pauta de Reivindicações e melhores condições de trabalho.

No Ofício 059/2019, protocolado dia 9 de maio, o Sindserv solicitou que a prefeitura apresentasse uma contraproposta e ressaltou que os trabalhadores permanecem em Estado de Greve. O documento ainda sinalizou possível paralisação contra os 3,94% e informou que os próximos passos seriam deliberados em assembleia.

“Empenhamos todos os nossos esforços para fazer valer as decisões tomadas pelos servidores em assembleias. Vamos continuar nossas ações para garantir as reposições das perdas salariais e os demais direitos da categoria. Reajuste salarial é valorização do trabalhador que precisa garantir o bem estar da família e é soterrado por aumentos no gás, na energia elétrica, no alimento”, afirma a presidente do Sindserv, Audrei Guatura.

Segundo os dirigentes sindicais, o índice concedido está extremamente inferior às perdas acumuladas.  Ainda explicam que os trabalhadores amargam a falta de correção dos vales Alimentação e Refeição e devem decidir em assembleia as ações que garantam a mudança deste quadro.

De acordo com a diretoria do Sindserv, os servidores realizaram em 2018 três passeatas e a última culminou na ocupação da Câmara Municipal, além de uma paralisação dos serviços com ato público em frente ao Paço Municipal devido a falta de reajuste. Também informam que em fevereiro deste ano foi protocolado o primeiro Ofício da Campanha Salarial 2019 para cobrar os direitos da categoria e antecipar as ações para garantir a reposição em maio.

Ainda este ano, o Sindserv se filiou ao Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). A instituição desenvolve pesquisa, assessoria e atividades voltadas para as entidades sindicais e está acompanhando todo o processo da Campanha Salarial para oferecer subsídios na luta dos trabalhadores da Prefeitura de São Sebastião.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: