Geral São Sebastião

São Sebastião: Sob intervenção há 14 anos, Hospital de Clínicas soma dívidas de R$ 80 milhões

O total das dívidas do Hospital de Clínicas de São Sebastião é de R$ 80 milhões. A informação foi dada por Daniel Augusto, da diretoria administrativa do hospital, na última sexta(31), durante a audiência pública de prestação de contas do Complexo Hospitalar de São Sebastião, na Câmara Municipal.

Segundo Daniel Augusto, a Prefeitura pretende priorizar a quitação das  dívidas do Hospital para acabar com intervenção, que já dura 14 anos.

Daniel Augusto falou aos vereadores e a comunidade sobre a prestação de contas do Complexo Hospitalar de São Sebastião, referente ao 1º quadrimestre de 2019.

O complexo reúne o Hospital das Clínicas, UPA – Unidade de Pronto Atendimento do Centro, Pronto Atendimento de Boiçucanga e SAMU. Segundo ele,  84% dos pacientes que utilizam as unidades são provenientes do SUS.

No 1º quadrimestre, a receita do Hospital de Clínicas foi de R$ 22 milhões e as despesas ficaram um pouco abaixo, na faixa de R$ 21,7 milhões.

Com relação a intervenção no HC, Daniel Augusto informou que “O término da intervenção só vai ocorrer quando tiver sanado a situação da dívida”.

Augusto também explicou que, após aprovação do aumento do subsídio ao Hospital, aprovado pela Câmara, em abril deste ano, as contas estão equilibradas e ainda está sendo possível quitar dívidas trabalhistas e comprar novos equipamentos.

“A prefeitura pagou cerca de R$ 6 milhões referentes às antigas ações judiciais, até o final de 2017”, explica.  Segundo ele, neste quadrimestre, outra medida tomada foi a implantação do sistema de licitação do Hospital.

“Já terminamos a licitação de exames de análises clínicas, exames de imagem e de uniformes. Estão em andamento às licitações de medicamentos, locação de ambulância, novo ar- condicionado para a UTI, sistema anti- incêndio, entre outras”, explicou.

De acordo com Daniel Augusto, a obra do Hospital da Costa Sul está prevista para ser retomada no segundo semestre, deste ano. “O edital de licitação já foi publicado e 18 empresas apresentaram propostas”, afirma.

Atualmente são atendidos cerca de 300 pacientes, por dia, no Pronto Atendimento de Boiçucanga e 53% dos partos que ocorrem no Hospital das Clínicas são em gestantes que residem na costa sul.

“O Hospital da Costa Sul contará com uma sala para parto humanizado e isso vai diminuir bastante os atendimentos no centro”, concluiu.