Inclusão Social Ubatuba

Projeto Afrosurfe incentiva esporte e preservação do meio ambiente

Ideia surgiu após muitos garotos e garotas ficarem nas ruas

Por Raell Nunes

A ONG Afrosurfe leva uma mensagem positiva às crianças da Caçandoca, em Ubatuba. O objetivo é tornar a vida dos pequeninos surfistas mais saudável através do esporte e conscientizá-las quanto à importância da preservação da natureza.

A ideia surgiu após muitos garotos e garotas ficarem nas ruas sem quase nenhuma ocupação. Na época de temporada, por exemplo, a Caçandoca fica lotada e muitos carros descem, trazendo perigo às crianças.

Diante dessa situação, Ramom Soares, que é estudante de jornalismo, fundou a ONG afrosurfe e colocou a criançada para praticar esportes e ter mais noção do que a natureza representa.

Projeto social está caminhando, mas precisa de força, como patrocinadores

Nas palavras de Ramom, a finalidade da ONG é tornar a vida das crianças mais sadia, e eles mais conscientes e preparadas para o futuro, independente de ser no esporte ou em qualquer outra coisa.

“É trazer lições da vida, da preservação da natureza e do próprio respeito por ela, e tornar esse esporte algo cultural dentro da comunidade. Preencher um espaço vazio, pois há poucas coisas voltadas aos jovens e crianças da comunidade”, explica.

O projeto social está caminhando, mas precisa de força, como patrocinadores, por exemplo. A ONG começou com dois ou três alunos e atualmente já conta com quase trinta pessoas envolvidas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.