Informe Publicitário

Mercado de smartphones cresce no Brasil e Apple ganha espaço entre as opções nas lojas

Fonte: Pixabay

O mercado de smartphones está passando por mudanças no Brasil, principalmente após a divulgação do aumento nas vendas desses aparelhos em 2019. O uso deles para jogos, redes sociais, email e vida profissional é cada vez mais comum na rotina diária. Quem parece estar aproveitando o bom momento é a gigante Apple, que desde o início deste ano foi a empresa que mais ganhou espaço no mercado nacional.

 

Nos dados divulgados em março deste ano, a empresa norte-americana viu a participação dela no mercado brasileiro aumentar em cerca de 1,37%, o que significa um alcance de 13,68% da população do Brasil. Um crescimento que pode parecer tímido, mas que pode ser entendido como uma mudança. Basta comparar com os resultados da Samsung, empresa mais popular por aqui, que teve uma queda de 1,05% e viu o domínio no mercado cair para os 45,16% dos smartphones usados em território nacional.

Entretanto, o que chama mais atenção não é o crescimento da Apple e sim o número nas vendas de smartphones no Brasil. Enquanto o resto do mundo viu queda, o mercado brasileiro teve um crescimento de 2,2%. Números que mostram todo o potencial que o país tem para o futuro, principalmente pensando em cada vez mais tecnologia nas mãos das pessoas. Só que será preciso cada vez mais investimento e infraestrutura.

Com menos de 70% da população com acesso à internet, o Brasil ainda é um país com espaço para crescer nesta área. Algumas campanhas públicas, como o Programa Nacional da Banda Larga de 2016, sempre tiveram como objetivo aumentar a conexão dentro do país. Em São Paulo, o programa Internet para Todos chegou a aceitar alguns municípios, mas ainda está na fase de estudo antes de ser oficialmente colocado em prática.

O uso dos smartphones

Entender o motivo da popularização dos smartphones no Brasil não é tarefa difícil. O equipamento se tornou em um aliado, para a maioria das pessoas, quando o objetivo é se conectar na internet. O acesso ao universo online é feito, exclusivamente, pelo celular por quase 60% da população brasileira. Ou seja, ele é o principal meio de algumas pessoas utilizarem serviços exclusivamente virtuais.

Esse uso pode ser o mais variado possível, desde as redes sociais até o entretenimento online. Os aplicativos de mensagens instantâneas, por exemplo, mudaram completamente a nossa forma de comunicar. O uso de áudio e vídeo com esses aplicativos faz com que a distância não seja um problema para manter contato com um amigo ou familiar. As mudanças também chegaram nos jogos online, que ganharam uma nova vida nos smartphones. Jogos de puzzle, como o popular Candy Crush, de corrida e até mesmo de estilos pouco familiares, como o simulador de fazenda FarmVille, são cada vez mais pensados para essa plataforma. Os portais de apostas online também se adaptaram e surgiram como opção para quem joga utilizando o celular. Eles possuem tanto aplicativos próprios, que facilitam os acessos aos conteúdos, como também sites moldados para rodar no navegador de smartphones com pouca memória. Cada um com o seu benefício, mas que atende a quase todos os usuários. Além disso, também existem aplicativos para ouvir músicas, rádios e assistir filmes pelo smartphone. Estes se adaptaram para que o uso móvel ficasse cada vez mais fácil e acessível.

Fonte: Pixabay

Os smartphones também estão sendo utilizados como aliados de bancos e outras iniciativas voltadas para o setor econômico. O Nubank começou em São Paulo como um simples cartão de crédito e, após colecionar milhões de clientes, se transformou em uma instituição financeira de sucesso, não apenas por todo o estado, mas também no Brasil inteiro. A empresa é apenas um dos exemplos de um setor que transforma o celular em uma ferramenta para pagamentos, transferências e outras atividades rotineiras.

Preços e opções

Com o mercado em alta desde o fim de 2019, as opções de aparelhos no Brasil só aumentou. Atualmente, é possível encontrar smartphones para quase todos os gostos. Alguns não passam dos R$ 400, enquanto outro podem custar mais de R$ 10.000, principalmente se for algum lançamento exclusivo. São empresas dos Estados Unidos, da China e também da Europa que apostam no mercado daqui.

Os smartphones são essenciais para fazer o Brasil se manter atualizado com as novidades do mundo, e a população parece entender isso. A alta no mercado é um bom sinal, e que pode continuar crescendo nos próximos anos. Para muitos, o aparelho se transforma em algo fundamental para se conectar na internet, seja para a vida pessoal ou profissional. Por isso, ver este mercado em alta e cada vez mais acessível, e ótimo para imaginar o futuro digital dos brasileiros.