Caraguatatuba Justiça

Caraguá: Obras do novo fórum da cidade foram novamente paralisadas

Reiniciadas em outubro do ano passado, após ficarem interrompidas desde 2014, as obras do novo Fórum da cidade de Caraguá, estão novamente paralisadas. Pedimos informações à Secretaria de Justiça sobre o por que da nova interrupção da construção.

Por Salim Burihan

O Tamoios News visitou por três vezes o canteiro de obras do novo fórum, no bairro do Indaiá, em nenhuma delas presenciou operários trabalhando ou qualquer movimentação na área.

Vizinhos do terreno, onde foi instalado o canteiro de obras, informaram que a empresa responsável pela construção, instalou o canteiro e até colocou uma máquina para preparar a área, mas que teria ficado só nisso.

No local, apenas um alojamento, uma máquina e os tapumes

Em outubro, o Tamoios News esteve no local e, até publicou uma matéria, informando a retomada das obras, conforme havia garantido o então secretário adjunto de Justiça e Defesa da Cidadania do Estado, Luiz Souto Madureira, em visita a cidade em agosto de 2018.

Em agosto, Madureira visitou o local, acompanhado do prefeito de Caraguá, Aguilar Junior e do então presidente da Câmara, Tato Aguilar, ocasião em que garantiu a retomada das obras em definitivo.

As obras do novo Fórum foram interrompidas em 2014, quando a empresa que havia vencido a licitação faliu. Em outubro, as obras foram retomadas pela Construtora JHD Construções e Comércio Ltda.

No contrato firmado com o Estado, em outubro do ano passado, a empresa JHD teria um prazo de 18 meses para concluir as obras, orçadas em R$ 14,7 milhões. Em janeiro, a construtora teria interrompido os trabalhos.

A suspeita é que a obra tenha sido paralisada, no início de janeiro, a partir de decisão tomada pelo governador João Doria, que logo após assumir o governo, suspendeu os contratos feitos no final do mandato do ex-governador Márcio França, com o objetivo de rever valores e as licitações.

Fórum

A construção do novo Fórum é mais do que necessária. O prédio atual inaugurado na década de 70, não comporta mais o movimento diário e nem oferece condições ideais de trabalho aos juízes, promotores, advogados, funcionários do judiciário e ao público em geral.

O novo fórum terá 5.095,50 metros quadrados, dividido em três pavimentos e capacidade para comportar até cinco varas, seus respectivos cartórios, além de área destinadas ao Ministério Público, OAB(Ordem dos Advogados do Brasil), Defensoria Pública, e a administração forense.

O terreno destinado ao novo Fórum foi desapropriado e cedido pela Prefeitura de Caraguá. Encaminhamos e-mail à Secretaria de Justiça do Estado cobrando informações sobre a paralisação das obras. Até o fechamento na matéria a secretaria ainda não tinha retornado o contato.

 

 

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: