Ilhabela mar

Bombeiros retomam nesta terça(21) as buscas ao pescador desaparecido em Ilhabela

O farol da Ponta da Sela, ao sul de Ilhabela: História e beleza se unem. Foto: Gustavo Nascimento

O Corpo de Bombeiros continuará amanhá, terça, a partir das 7 horas da manhã, as buscas ao pescador de Caraguá que está desaparecido há cinco dias em Ilhabela.

Hoje, foram feitas buscas nas regiões sul e leste de Ilhabela, sem nenhum sucesso. O pescador Pedro Marcondes Pimenta, de 61 anos, desapareceu durante uma pescaria com amigos, na noite de quinta(17).

Pimenta escorregou de uma pedra, conhecida como “pedra Japonesa”, na praia de Sepituba, durante a pescaria, por volta das 20 horas, da quinta. Esse local é muito procurado por pescadores.

Segundo um dos amigos do pescador, o grupo se preparava para ir embora quando teria ocorrido o acidente. Pedro teria escorregado e caído ao mar. O pescador gritou por socorro e os amigos tentaram orientá-lo, mas ele teria desaparecido na água.

Os amigos acionaram o Gbmar(Grupamento de Bombeiros Marítimo) que permanece fazendo buscas naquela região. Segundo informações do Gbmar, no momento da queda do pescador o mar estava com ondas fortes, o que teria impedido ele de retornar ás pedras.

Até o início da tarde desta segunda(20), o Gbmar ainda não teria localizador o pescador. As buscas continuam sendo realizadas. Marcondes, natural de Paraibuna, mora há 40 anos em Caraguá. A família acompanha as buscas, mantendo contatos diariamente com os bombeiros.

Sua mulher Rosângela, disse que o marido sabe nadar, mas que devido as condições climáticas, no momento do acidente- chovia, muita neblina e mar agitado, foi difícil prá ele tentar retornar ao local onde pescava.

“Continuo com muitas esperanças de que ele consiga sobreviver”, disse. Pimenta tem dois filhos, uma menina de 35 anos e um rapaz, de 24 anos, ambos residem em Caraguá.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.