Litoral Norte Lixo mar

Lixo estranho: Ambientalista encontra uma geladeira velha boiando no Canal de São Sebastião

O ambientalista Júlio Cardoso, do projeto Baleia a Vista, de Ilhabela, navegando neste domingo (20) pelo canal de São Sebastião, deparou com a “carcaça” de uma velha geladeira boiando no mar.

Confira o local onde a geladeira foi localizada

A geladeira velha e enferrujada, boiava no mar, na entrada sul do canal, perto da Ilha de Toque Toque, nas proximidades de São Sebastião. Como a geladeira poderia ser atingida por embarcações de recreio e causar algum tipo de acidente mais grave, Cardoso acionou a Capitania dos Portos, em São Sebastião.

É difícil imaginar como a geladeira foi parar no meio do mar. Foi dispensada por alguma embarcação? A velha geladeira teria sido abandonada as margens de córregos ou rios de ilha, São Sebastião e Caraguá e, levada pela chuva, em direção ao mar?

“Infelizmente, existem maus hábitos em relação ao descarte e destinação do lixo em muitos lugares no Brasil.
Quando é no litoral, inevitavelmente, este lixo abandonado perto de córregos ou rios, acaba levado por alguma enxurrada e termina no mar, como deve ter sido o caso do monitor de TV e da geladeira. Nos dois casos, alem do impacto ambiental, também temos os riscos a navegação”, comentou Cardosos.

O que chama a atenção é que cada vez mais tem se encontrado lixos estranhos no mar. O próprio Cardoso, em março do ano passado, localizou um monitor de Tv boiando nas proximidades da Ilha Anchieta, em Ubatuba.

É importante, que as prefeituras façam ações de conscientização junto aos seus munícipes, explicando que não se deve deixar lixo ou qualquer tipo de entulho, acumulado as margens de córregos e rios, pois com as chuvas, esse material é levado em direção ao mar.

Essas ações, feitas por moradores desinformados e sem conscientização ambiental, colaboram com a poluição dos rios, mar e das praias e podem colocar em risco a vida de animais marinhos, principalmente, quando se trata de lixo plástico. No caso, da geladeira, especificamente, poderia provocar um acidente envolvendo lanchas e moto-aquáticas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.