Caraguatatuba Cidades

Apesar da restrição, moradores e turistas não resistem ao banho de mar

O tempo bom e o forte calor registrado nas cidades do Litoral Norte fizeram aumentar o número de moradores, veranistas e turistas às praias nas praias da região, apesar das restrições impostas pelas prefeituras. Na quinta(11) e sexta(12), os guarda-sóis apareceram em maior número nas praias, após dois meses de quarentena, apesar de proibidos.

Em São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba as prefeituras permitem o uso da orla e do mar apenas para esportes individuais, mas muita gente está indo para as praias para tomar um sol e nadar. A maioria dos banhistas procuram cumprir o distanciamento, ou seja, evitam ficar próximos um dos outros, até mesmo, no mar.

Os guarda-sóis, apesar de proibidos, servem para abrigar, principalmente, as crianças. Grupo de quatro ou cinco banhistas, na maioria mais jovens, pode ser visto a beira mar, mas esparsadamente.

Banhistas estão cumprindo o distanciamento nas praias

O número de barcos aumentou na orla. As prefeituras liberaram as marinas. Mesmo assim, os proprietários buscaram locais ou ilhas isoladas, sem aglomerações.

W.A, de 24 anos, saiu de barco com amigos para ir até a praia do Tamanduá, em Caraguatatuba. O grupo levou cerveja, gelo e aperitivos, mas também muita responsabilidade.

“A gente sabe que está numa pandemia, mas tomamos todos os cuidados para evitar o vírus. Na praia, mantemos o distanciamento e evitamos contatos. Queremos apenas nadar, tomar um sol..”, disse W.

Rosângela Souza, moradora de Caraguatatuba, optou em dar um mergulho com os dois filhos pequenos na praia da Cocanha, também, em Caraguatatuba.

“A gente está acostumada com o mar. Após dois meses, será nosso primeiro mergulho. As crianças estão loucas para entrar na água”, disse.

Rosângela disse que está preocupada com a pandemia e, também, adota o uso de máscara e o distanciamento quando precisa ir as compras.

 

 

 

error: Alerta: Conteúdo protegido!