Caraguatatuba Cidades

Atendimento do SAMU teve queda de 23% no 1º semestre de 2020 em comparação ao mesmo período do ano passado

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Caraguatatuba fechou o primeiro semestre de 2020 com 5.638 atendimentos. No mesmo período de 2019, o SAMU atendeu 7.369 ocorrências. Essa diferença entre os números representa uma queda de 23%.

 Equipe do SAMU se reúne para foto (Foto: Divulgação/PMC)

O levantamento do Setor de Estáticas do SAMU apontou que cerca de 40% das ocorrências estão relacionadas à mal súbito, que é um sintoma de diversos problemas de saúde. Esse percentual equivale a 2.160 atendimentos.

O dado ainda mostra que a soma do número de atropelamentos, acidentes de trânsito com vítimas e acidentes com motocicletas atendidos pelo SAMU chegam a 259. Esse número representa, aproximadamente, 5% do total de atendimentos do semestre. Somente em acidentes envolvendo motos, o SAMU atendeu 129 chamados.

O mesmo levantamento indicou que, além desses atendimentos, a equipe deu suporte a 234 gestantes, pessoas vítimas de infarto agudo do miocárdio (IAM), acidente vascular cerebral (AVC) e parada cardiorrespiratória. Outros tipos de ocorrências, como queimaduras, situações consideradas de urgência ou emergência, crises convulsivas, somam 2.718.

Com pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o SAMU passou atender, com segurança e a implantação de um novo procedimento operacional padrão (POP), casos suspeitos da doença. No mês de março, foram registrados 19 chamados para atender esse tipo de situação. Mas, até o final de junho, esse número saltou para 160, um aumento de 742%.

Quando acionar o SAMU?

O SAMU deve ser acionado pelo 192 em casos de queimaduras graves; afogamentos; Choque elétrico, crises convulsivas, suspeito de infarto ou acidente vascular cerebral, crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento súbito e outras situações consideradas de urgência e emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso.

É importante que a pessoa siga todas as orientações da equipe para que não haja complicações.

 Base do SAMU na região norte. Uma ambulância está estacionada de baixo de uma cobertura (Foto: Divulgação/PMC)

SAMU Caraguatatuba – O serviço no município conta com quatro ambulâncias Unidades de Suporte Básico (USB) e uma Unidade de Suporte Avançado (USA) com bases descentralizadas na Região Sul (Perequê-Mirim) e Norte (Massaguaçu) e uma base central.

O SAMU de Caraguatatuba é formado por 65 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e condutores socorristas.