Caraguatatuba Cidades

Caraguatatuba promove Campanha ‘16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres’

A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedesc), inicia nesta quinta-feira (25) a Campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. A mobilização é anual e internacional e encerra no dia 10 de dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos.

O objetivo da Campanha é mobilizar a população para essa realidade que ocorre diariamente com muitas mulheres, que na maioria das vezes desconhecem quais serviços devem procurar para interromper o ciclo de violência e como devem agir nestas situações.

A Campanha inicia no dia 25 de novembro, pois a data é lembrada como Dia Internacional de Luta Contra a Violência à Mulher. Em Caraguatatuba, haverá uma cerimônia de abertura, às 14h, na Câmara Municipal, onde serão realizadas diversas palestras sobre o tema. A população poderá assistir de forma online no endereço: https://tinyurl.com/p23exas2.

A abertura oficial contará com as palestras da delegada da mulher de Caraguatatuba, Dra. Patrícia Casanova Crivochein, com o tema: Os tipos de violência contra mulher; da diretora e assistente social da Sedesc, Carmem Landin, com o tema: Fluxo de Atendimento da Sedesc; da secretária adjunta da Secretaria de Saúde, Derci Andolfo, com o tema: Fluxo de Atendimento da Saúde; e por último, com a psicóloga do Pró-Mulher, Jaquelina Teixeira, com o tema: Ciclos da Violência Contra a Mulher.

No decorrer da programação, a equipe da Sedesc percorrerá diversas secretarias municipais e pontos da cidade realizando orientação e divulgação sobre o tema. Os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e o Centro Integrado de Atendimento à Mulher (Ciam) realizarão palestras e atendimentos para mulheres que necessitam de apoio.

Já no dia 6 de dezembro, considerado como Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres, será realizado exclusivamente para o público masculino uma roda de conversa com diversas autoridades da cidade, para debater o tema: Desconstruindo o machismo. O evento será realizado no auditório da Fundacc, no centro, às 9h. Para participar, os homens devem ser inscrever no link: https://tinyurl.com/arsskcnk.

Ativismo – Os 16 Dias de Ativismo começaram em 1991, quando mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (CWGL), iniciaram uma campanha com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo. A data é uma homenagem às irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como Las Mariposas, assassinadas em 1961 por integrarem a oposição ao regime do ditador Rafael Trujillo, na República Dominicana.

Confira a programação completa:

– Dia 25 (quinta): 9h às 12h – Divulgação e orientação nas secretarias de Educação, Governo e Tecnologia da Informação; 14h – Abertura oficial na Câmara Municipal com a presença de autoridades;

– Dia 26 (sexta): 8h às 14h – Divulgação e orientação nas secretarias da Fazenda, Administração e Gabinete; 9h às 11h – Sensibilização e orientação na Praça Cândido Mota – Centro;

– Dia 29 (segunda): 8h às 14h – Divulgação e orientação nas secretarias de Comunicação, Turismo e Urbanismo; 9h às 11h – Sensibilização e orientação nos comércios do centro da cidade;

– Dia 30 (terça): 8h às 14h – Divulgação e orientação nas secretarias de Esportes e da Pessoa com Deficiência e do Idoso;

– Dia 1º (quarta): 8h às 14h – Divulgação e orientação nas secretarias de Serviços Públicos, Planejamento e Habitação; 9h às 12h – Oficina no Ciam, com o tema: Respeite as Minas;

– Dia 2 (quinta): 8h às 14h – Divulgação e orientação nas secretarias de Obras Públicas e Assuntos Jurídicos e na Câmara; 9h às 12h – Grupo socioeducativo no Ciam, com o tema: Girl Power;

– Dia 3 (sexta): 8h às 14h – Divulgação e orientação nas secretarias de Meio Ambiente e Saúde; 9h às 12h – Orientações (Dia do Autocuidado) no Ciam; 9h às 17h – Roda de Conversa no Ciapi, com o tema: PcD por um dia – Ser mulher PcD convivendo com minhas limitações;

– Dia 4 (sábado): 14h às 19h – Fórum LGBTQI+ Litoral Norte: Palestra ‘Sexualidade e Gênero’, Roda de conversa com mulheres transexuais, travestis, lésbicas e bissexuais e Apresentações de Shows de Drags Queens;

– Dia 6 (segunda): 9h às 11h – Dia do Laço Branco – Roda de Conversa: Desconstruindo o Machismo na Fundacc com participação de diversas autoridades municipais;

– Dia 7 (terça): 9h às 14h – Divulgação e orientação nos Cras Massaguaçu e Getuba;

– Dia 8 (quarta): 9h às 14h – Divulgação e orientação nos Cras Centro e Norte;

– Dia 9 (quinta): 9h às 14h – Divulgação e orientação nos Cras Sul e Barranco Alto;

– Dia 10 (sexta): 13h30 às 17h30 – Enceramento da Campanha com o 3º Fórum “Vigilância as Violências” – Tema: O itinerário da mulher x O ciclo de violência frente ao trabalho articulado em rede – Fundacc.

Fonte: Prefeitura de Caraguatatuba