Caraguatatuba Defesa Civil

Abelhas matam uma pessoa, ferem outra e ameaçam bairro em Caraguá

A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros de Caraguatatuba interditaram uma rua Fernão Dias Paes, no bairro Martim de Sá, devido aos riscos de novos ataques de abelhas “africanas”.

Ontem a noite, duas pessoas foram atacadas pelas abelhas. Uma delas, um ceramista, de 61 anos, não resistiu aos ferimentos provocados pelos ferrões das abelhas e veio a falecer na UPA. A outra pessoa permanece internada em estado crítico na Santa Casa.

Nesta sexta, as abelhas atacaram quatro cachorros de uma residência na mesma rua. Os bombeiros precisaram intervir. Um dos cachorros, foi levado pelos bombeiros para o Centro de Zoonoses da cidade, foi medicado e passa bem.

Segundo o cabo Pilon, dos Bombeiros, a situação ainda foi controlada, por isso, a interdição da rua e a orientação aos moradores que evitem o local.

Pilon explicou que existe uma colmeia muito grande e número absurdo de abelhas. “Tudo indica que a abelha “rainha” morreu e as demais ficaram muito agitadas. Se a abelha rainha esteve vinha nós a levaríamos para um outro local e evitaríamos os ataques e os riscos aos moradores”, disse.

Segundo ele, os bombeiros tentarão exterminar as abelhas nesta noite ou na manhã de sábado. Pilon afirmou que não tem como retirar a colmeia do local. “A noite as abelhas ficam mais calmas”, segundo ele.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: