Caraguatatuba Cursos

Caraguá: APAE oferece curso sobre prevenção a violência contra Pessoas com Deficiência

A APAE de São Paulo oferece curso gratuito sobre prevenção a Violência contra Pessoas com Deficiência em Caraguatatuba (A capacitação faz parte do Projeto “Territórios e Redes” e abordará temas como deficiência, direito e legislação, prevenção à violência, trabalho em rede e políticas públicas voltadas para pessoas com deficiência).

O Programa Todos Pelos Direitos da APAE DE SÃO PAULO oferecerá pela primeira em vez em Caraguatatuba o Curso de Capacitação com carga horária de 20 horas, divididas em 5 módulos nos dias 12 e 18 de dezembro, das 8h às 17h30min e no dia 17 de janeiro de 2019 das 9h às 13horas. Serão ofertadas inicialmente 40 vagas, mediante
prévia inscrição. O Seminário de Encerramento será aberto ao público em geral e terá 150 vagas. O curso é gratuito e acontecerá no Salão Monteiro Lobato- Secretaria Municipal de Educação – Endereço Avenida Rio de Janeiro, 860, bairro Indaiá, Caraguatatuba.

Saiba como se inscrever:
Para efetivar a inscrição é necessário enviar e-mail para todospelodireito@apaesp.org.br. como as vagas são limitadas, a organização informará aos inscritos se houve ou não confirmação de sua inscrição.

A quem se destina?
Podem participar do curso pessoas que atuam e/ou tenham vínculo com áreas relacionada aos direitos das pessoas com deficiência, tais como:
 Gestores e técnicos do setor público (Assistência Social, Saúde, Educação,
Segurança Pública, Justiça, Esporte, Lazer e Cultura, Habitação, Obras, Direitos
Humanos);
 Integrantes de Conselhos de Direitos;
 Profissionais de organizações sociais da área da deficiência;

Resultado de um Convênio entre a APAE DE SÃO PAULO e o Centro Tecnológico e Inovação/CTI, a partir do Projeto “Territórios e Redes” – Prevenção à Violência contra pessoas com Deficiência, o conteúdo do curso tem o intuito de aprofundar o debate sobre os direitos da pessoa com deficiência, prevenir situações de violência, além de incidir em políticas públicas locais. Cada módulo será estruturado com conteúdos teóricos e casos práticos, sendo as aulas expositivas, com conteúdo audiovisual, dinâmicas e estudo em grupo.

Um curso será ministrado por profissionais que atuam na APAE DE SÃO PAULO e palestrantes convidados e abordará temas como deficiência, barreiras, direito e legislação, prevenção à violência, trabalho em rede e políticas públicas voltadas para pessoas com deficiência. Segundo a Supervisora do Programa Todos Pelos Direitos, Deisiana Campos Paes, um dos módulos prevê a elaboração conjunta de uma proposta de fluxo de encaminhamento em casos de violência diretamente contra pessoa com deficiência. “É importante para o município de Caraguatatuba ter a chance de reunir sua rede de defesa e garantia de direitos e cada segmento compreender seu papel nesses casos,
assim como conhecer o papel dos demais equipamentos e órgãos.”- finalizou Deisiana.

Saiba mais sobre a APAE DE SÃO PAULO – A APAE DE SÃO PAULO é uma Organização da Sociedade Civil, sem fins lucrativos, que há 56 anos promove a prevenção e a inclusão de pessoas com Deficiência Intelectual, produzindo e difundindo conhecimento. Atua desde o nascimento ao processo de envelhecimento, propiciando o desenvolvimento de habilidades e potencialidades que favoreçam a escolaridade e a atividade laboral produtiva, além de oferecer assessoria jurídica às famílias acerca dos direitos das pessoas com Deficiência Intelectual. Pioneiro no Teste do Pezinho no Brasil e credenciado pelo Ministério da Saúde como serviço de Referência em Triagem Neonatal, o Laboratório APAE DE SÃO PAULO é o maior da América Latina em crianças triadas. Por meio do Instituto APAE DE SÃO PAULO, a Organização gera e dissemina conhecimento científico sobre Deficiência Intelectual com pesquisas e cursos de formação.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.