Caraguatatuba Ubatuba

Covid: Prefeitos decidem avançar de fase por conta própria alegando erro de avaliação pelo estado

Logo após a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, informar que a região do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte permanece na fase 2- Laranja do Plano São Paulo, os prefeitos do Codivap(Consórcio de Desenvolvimento Integrado do Vale, Mantiqueira e Litoral Norte) decidiram se reunir extraordinariamente, em São José dos Campos, na prefeitura local.

Eles apontaram erros nos critérios de avaliação e decidiram que não irão acatar a classificação feita pelo Comitê de Contingência Estadual e que, por conta própria, irão avançar para a fase 3- Amarela, que permitirá novas flexibilizações a partir de segunda-feira(27).

o Plano São Paulo dá autonomia para que prefeitos diminuam ou aumentem as restrições de acordo com os limites estabelecidos pelo Estado, desde que apresentem os pré-requisitos embasados em definições técnicas e científicas.

Estado manteve pela oitava vez o Litoral Norte na fase 2- Laranja

Participaram da reunião, os prefeitos de São José dos Campos, Jacareí, Taubaté, Paraibuna e Ubatuba. Outros prefeitos participaram através de videoconferência. A maior parte deles decidiu publicar novos decretos municipais fazendo com que seus municípios avancem da fase Laranja para a Amarela a partir de segunda-feira(27).

Como os prefeitos alegaram erro nos dados que definiram a nova atualização do Plano São Paulo, nesta sexta, o Codivap(Consórcio de Desenvolvimento Integrado do Vale, Mantiqueira e Litoral Norte), decidiu elaborar um documento, que será encaminhado ainda hoje ao governador João Doria, solicitando a retificação dos dados.

Sato

Em vídeo, prefeito de Ubatuba, Delcio Sato, fala em reunião extraordinária do Codivap:

 

“O governo deve olhar diferente para o Litoral Norte, mas sua avaliação é macro e não, município por município. Nossos índices demonstram que a região e, principalmente, Ubatuba já poderia estar na fase Amarela, o que permitiria novas reaberturas”, comentou o prefeito Délcio Sato, de Ubatuba, que participou da reunião.

Segundo Sato, seu município tem 70 leitos, doze deles de UTI e das 18 mortes registradas, 17 delas ocorreram pelo fato das pessoas terem contraído o covid e possuírem cormobidades e serem idosos e não por falta de atendimento ou de estrutura para casos covid-19.

Ele disse que, por exemplo, pelo fato da cidade estar na fase Laranja, o MP(Ministério Público) não liberou o funcionamento das academias solicitada pela prefeitura.  “Como vamos nos incluir na fase Amarela, as academias serão liberadas”, finalizou.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: