Caraguatatuba Cidades

Sindicato dos Bancários faz ato em frente à Caixa Econômica Federal

Fotos: Adriana Coutinho/ TN

Segundo o órgão, a agência conta hoje com 22 funcionários e em dias de pico de atendimento, a população chega a ficar quatro horas na fila

 

Por Adriana Coutinho

O Sindicato dos Bancários de São José dos Campos e Região realiza nesta quinta e sexta-feira (5 e 6) um ato em frente à da Caixa Econômica Federal Agência Caraguatatuba (CEF), colhendo assinaturas da população. O objetivo é pressionar a direção da Caixa para a contratação de mais funcionários ou a possibilidade de abertura de mais uma agência na cidade, algo cobrado constantemente pelo órgão. A ação acontece das 9h às 16h.

Segundo o sindicato da categoria, faltam empregados nas agências da Caixa em todo o país, por isso, trabalhadores do banco enfrentam diversos problemas, entre eles a sobrecarga de trabalho e adoecimento. Apontam também filas e demora nos atendimentos, fatos que ocorrem constantemente em Caraguatatuba, onde mais de mil pessoas são atendidas em dias de maior fluxo na agência.

“A população está vendo de maneira positiva a atividade hoje e nos contam que ficam muito tempo na fila.  Está acontecendo um descaso total do Poder Público em relação ao funcionamento desta agência. Cinco funcionários saíram por conta do Plano de Demissão Voluntária (PDV) e não foram substituídos. É impossível fazer um bom atendimento apenas com 22 funcionários”, relatou Débora Ferreira Machado, Diretora de Comunicação do Sindicato. Segundo ela, estão colhendo o máximo de assinaturas de quem utiliza os serviços da Caixa.

O abaixo-assinado será encaminhado à Presidência e Superintendência da Caixa Econômica e ao Prefeito de Caraguatatuba. “Entendemos que ele tenha uma responsabilidade quanto ao bem-estar da população e nos ajude a cobrar essas providências que precisam ser tomadas”, finaliza Machado.

“Solicitamos que a população assine e participe, para que possa ter um melhor atendimento, pois sabemos que chegam a ficar até 4 horas na fila em dias de pico. É necessário que a agência tenha mais funcionários, pois o atendimento aqui está muito precário. Estamos em contato com o prefeito e o presidente da Câmara de Caraguatatuba para nos apoiar nessa luta”, apontou o presidente do Sindicato, Geraldo Soares dos Santos.

Para o Sindicato, reforçar o quadro de trabalhadores é apenas uma das formas de valorizar o forte papel social da instituição, que deve estar a cada dia mais forte e a serviço da população.

A reportagem entrou em contato com a gerência da Caixa Econômica Federal de Caraguatatuba, enviou os questionamentos para a assessoria de comunicação regional, em São José dos Campos, mas até o fechamento desta matéria não houve retorno.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.