Caraguatatuba Tamoios

Tamoios: Aguilar Júnior posta vídeo sobre o que viu na vistoria feita na estrada. Confira:

O prefeito de Caraguá, Aguilar Júnior, vistoriou o trecho interditado da Rodovia dos Tamoios. Foi conferir de perto a situação da estrada, interditada desde a ultima quarta(7), devido aos 23 deslizamentos ocorridos de quarta a sexta. O prefeito está muito preocupado com a interdição da estrada e os prejuízos que isso tem gerado a economia de sua cidade e de toda a região. Assista ao vídeo:

Outra preocupação do prefeito era relacionada ao abastecimento da população local,principalmente, nas questões de alimentos e combustível. Aguilar Júnior também tinha outra preocupação, as carretas que transportam o lixo doméstico em Caraguá, São Sebastião e Ilhabela.

Com a estrada fechada, as carretas não podem subir e nem recolher o lixo diário, o que vinha provocando a armazenagem inadequada de lixo e, até mesmo, impedindo que o lixo fosse coletado adequadamente, afinal as carretas não estavam sendo ser reabastecidas.

O prefeito foi até a serra, acompanhado de seus assessores e com representantes da Concessionária Tamoios e da Polícia Rodoviária. A visita foi interessante, o prefeito pôde conferir de perto os estragos causados pela chuva e os deslizamentos na estrada. Viu que a coisa era bem séria e que a interdição foi uma decisão correta.

Aguilar Júnior ficou sabendo que 100 homens e mais de 35 equipamentos estão trabalhando 24 horas por dia para liberar a estrada, assim que o tempo melhorar e as encostas não oferecerem mais riscos.

O prefeito conseguiu o que queria. Os caminhões de mantimentos e combustível puderam descer a serra em comboios, no sábado. E, neste domingo, além de alimentos e combustível, puderam subir também as carretas que transportam o lixo da região com destino aos aterros particulares no Vale do Paraíba. A visita valeu…

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: