Cidades São Sebastião

Casa Brasileira, de São Sebastião, apresenta colóquio e oficina culinária online ‘Bolo que te quero bolo’

O Instituto Mpumalanga e a Casa Brasileira, de São Sebastião, apresentam, nesta quinta-feira (29), às 18h, o colóquio e oficina culinária online “Bolo que te quero bolo”, para falar das pesquisas sobre a culinária nordestina na visão do sociólogo Gilberto Freyre, um dos mais importantes estudiosos da economia do açúcar do período colonial.

Nesse encontro online, a Chef Adriana Saldanha, do espaço de gastronomia Brasileira Gourmet, de São Sebastião, e o antropólogo e pensador da comida e da alimentação, Raul Lody, vão analisar a obra Açúcar, publicada em 1939, que traz o olhar freyreano sobre cultura e sociedade e uma leitura do período colonial a partir da comida, das cozinhas como territórios sagrados do comer e de um dos principais insumos, o açúcar, que girava a economia da época.

A Chef Adriana Saldanha mostrará e vai comentar o passo a passo de uma das receitas de bolo dos engenhos, com detalhes sobre ingredientes e comparação das medidas que eram feitas em pires, xícaras e em outros modelos.

O evento é gratuito, pela plataforma moodle, com vagas limitadas. As senhas para participação na sala do colóquio serão disponibilizadas após inscrição pelo site www.mpumalanga.com.br.

Antropólogo Raul Lody.

Raul Lody é antropólogo, museólogo, escritor, curador, pensador da comida e da alimentação, criador e curador do Museu da Gastronomia Baiana (Senac Bahia), curador da Fundação Gilberto Freyre (Recife), da Fundação Pierre Verger (Salvador) e do Instituto de Arte e Cultura do Ceará – Dragão do Mar. www.brasilbomdeboca.com.br

Adriana Saldanha é jornalista, documentarista, Chef de cozinha e especialista em Nutrição. Chef do Brasileira Gourmet , Adriana realiza pesquisas sobre comida como cultura e o registro e mapeamento de cozinhas tradicionais. É gestora do Instituto Mpumalanga, da Casa Brasileira de São Sebastião-SP e https://www.brasileiragourmet.com/