Cidades São José dos Campos

Confira o relato de quem superou o coronavírus

São José dos Campos, a maior cidade da região, registra 561 casos suspeitos de Covid-19 e sete óbitos. São 58 casos confirmados da doença e um óbito. Segundo a prefeitura, 41 pacientes estão em isolamento domiciliar e 16 internados em hospitais.

Em meio ao desespero durante a pandemia em curso de covid-19, a esperança ressurgiu em São José dos Campos. Nesta semana, doze pacientes positivos da cidade terminaram o período de quarentena e não apresentam mais os sintomas da doença.

São oito homens e quatro mulheres que sentiram a dor de saber que estavam contaminados com o novo coronavírus, mas tiveram confiança nos profissionais de saúde durante o tratamento. Alguns chegaram a ser hospitalizados, outros ficaram em isolamento domiciliar. Agora todos estão se sentindo bem e felizes por estar recuperados.

O jornalista Cláudio Ribeiro, da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São José dos Campos, conversou com três pacientes recuperados, aqui identificados somente pelas iniciais de nome e sobrenome. Isso se faz necessário para resguardar a privacidade dos cidadãos.

PM, 45 anos, foi um dos primeiros joseenses a contrair o vírus. Logo que voltou de uma viagem à Europa, no dia 16, ele entrou no período de quarentena. Com tosse seca, foi ao médico e fez o exame. Uma semana depois, o resultado deu positivo. Ele começou a sentir perda do olfato e paladar. Isolado em casa, seguiu as orientações para o tratamento. Nesta semana, voltou a sentir aroma e sabor. “Hoje minha vida voltou ao normal.”

Quando teve alta, depois de ficar internada 9 dias – 2 deles na UTI – em um hospital particular, AN, 47 anos, não esquece da dedicação da equipe que a atendeu. Ela conta que demorou para procurar ajuda médica, só indo buscar socorro quando o quadro se agravou.

“Sou extremamente grata e devo minha vida a eles. Todo mundo se doando e me animando.” Depois de recuperada, a profissional de saúde aconselha as pessoas a seguir as recomendações. “Senti muita angústia nos primeiros sintomas, mas esse período passou.”

Acostumado a cuidar dos outros, o médico AM, 42 anos, conseguiu se manter calmo durante os dias em que esteve com o quadro de covid-19. “Passei bem pior nos primeiro dias. O mal-estar foi muito grande, principalmente com as notícias alarmantes.” Depois do drama inicial, AM lembra que do 8º ao 14º dia o quadro estava assintomático. “Me recuperei bem, estou ótimo. Não se sabe muito sobre a doença. A manifestação em cada paciente é diferente. O principal é ser bastante consciente e adotar as medidas de contenção determinadas pelas autoridades para evitar os riscos de transmissão.”

Graças ao trabalho articulado das redes pública e particular de saúde, o enfrentamento ao coronavírus está sendo eficiente em São José. A Prefeitura está atenta aos casos de covid-19 e vem informando a população com transparência. De segunda a sábado, são divulgados os informes epidemiológicos na página www.sjc.sp.gov.br/covid.

error: Alerta: Conteúdo protegido!