Caraguatatuba Cidades

Covid: Comitê da Saúde irá se manifestar sobre aumento de casos e mortes em Caraguatatuba

Nesta quarta-feira(1º), a equipe de saúde da Prefeitura de Caraguatatuba deverá fazer uma  live para explicar o porque de tantos casos e mortes pela covid na cidade.

A informação foi dada pelo  prefeito Aguilar Junior em live feita nesta segunda-feira(29). O prefeito alertou que se os casos da covid-19 continuarem crescendo e a população não levar a sério os protocolos da saúde, ele poderá rever a flexibilização. Caraguatatuba registra 377 casos e 32 mortes pela covid.

Para Aguilar Júnior, a questão no momento não é fechar os comércios, mas sim, a população adotar as medidas de prevenção contra o vírus.

“Temos que fazer essa reflexão. Se fechar ( os comércios) as pessoas continuarão indo às ruas.  O importante é que a população evite sair sem necessidade, use máscaras e evite aglomerações. A cidade está preparada para enfrentar a pandemia, mas é preciso que a população adote os protocolos”, disse.

O prefeito deixou claro, no entanto, que se os casos continuarem crescendo a prefeitura irá recuar na flexibilização. Destacou que implantou 39 leitos na Upa Central, sendo sete UTI e 32  na enfermaria e que vem cobrando do estado o aumento de 30 para 40 leitos covid no Hospital Regional.

Aguilar Junior disse que mais de 810 exames foram feitos em 17 dias com o tomógrafo, que segundo ele, ajuda a detectar os casos e a iniciar o tratamento rápido contra o vírus. Segundo ele, 35% dos exames deu indícios de covid. Ele disse ainda que mais de 4 mil testes foram aplicados na cidade. Falou que 20% dos atendimentos são de pessoas de fora da cidade.

Segundo ele, a fiscalização tem autuado os comércios e casas de repouso que descumprem os protocolos. Nos últimos dias mais de 900 estabelecimentos foram vistoriados. Os fiscais notificaram uma igreja evangélica e uma casa de repouso por desrespeitarem as determinações do decreto municipal.

“Fechar ou abrir os comércios será que vai resolver? O objetivo é conscientizar a população que só iremos vencer a pandemia se todos respeitarem os protocolos. Caso aumente o número de casos e a prefeitura não tenha vaga atender, vamos regredir para a fase Vermelha do Plano São Paulo”,  enfatizou.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: