Cidades Ubatuba

Covid-19: Moradores de Ubatuba protestam contra aluguel de casas de veraneio na quarentena

Praia de Itamambuca tem sido um dos locais mais procurados por turistas. Foto: PMU/Arquivo

Moradores de Ubatuba reclamam que continuam sendo feitas locações de casa de veraneio na cidade durante a quarentena imposta pelo estado devido a pandemia de coronavírus.

Segundo eles, o aluguel de casas, apesar de proibido, visa permitir à moradores de outras cidades o cumprimento da quarentena em Ubatuba.

Na praia de Itamambuca, uma das mais badaladas da cidade, numa rua com seis casas, três foram alugadas para pessoas de outras cidades. A diária é de R$ 500,00 para uma casa “pé na areia”.

Segundo o morador “J”, as imobiliárias que atuam no bairro continuam alugado casas para turistas, apesar da proibição. Ele disse ainda, que o movimento na praia, apesar de proibido, cresceu muito durante a quarentena. O morador afirmou ainda, que os quiosques da praia permanecem fechados, respeitando a quarentena.

A prefeitura informou que as denúncias devem ser feitas através do telefone 153. Segundo a prefeitura, hotéis e pousadas estão proibidos de funcionar. As imobiliárias devem evitar a locação de imóveis durante o período da quarentena.

A prefeitura informou ainda que tenta recurso no TJ(Tribunal de Justiça) para impedir que plataformas de aplicativos de aluguel temporário sejam proibidos de operarem na cidade. Ubatuba é a única cidade do Litoral Norte que não conseguiu impedir operações destas empresas durante a quarentena.

As prefeituras de São Sebastião, Ilhabela e Caraguatatuba conseguiram liminar na justiça impedindo o aluguel temporário de casas ou apartamentos durante o período da quarentena.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: