Cidades São Sebastião

Covid-19: Queda na arrecadação obriga prefeitura a conter gastos e reduzir orçamentos

A queda na arrecadação devido a pandemia de coronavírus vem atingindo todos os municípios do país. Em nossa região não tem sido diferente. O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, no entanto, foi o primeiro a abordar o assunto em suas tradicionais lives.

Segundo o prefeito, em sua live desta segunda-feira(27), entre março e abril, houve uma queda de 30% na arrecadação de royalties, de 75% no ICMS, de cerca de 50% no Fundo de Participação do Municípios.

Em live, nesta segunda(27), prefeito falou sobre a queda na arrecadação municipal

O prefeito disse ainda que a dívida ativa que arrecadava R$ 700 mil mensais despencou para R$ 190 mil; o ITBI que gerava uma arrecadação mensal de R$ 735 mil caiu para R$ 35 mil mês.

Diante dessa realidade, o prefeito disse que adotará medidas de contenção, como reduzir o expediente da prefeitura, cortar ainda mais os orçamentos das secretarias de Turismo, Esporte e Cultura.

Felipe Augusto não descarta a possibilidade de reduzir os orçamentos de outras secretarias. O prefeito não comentou se a redução na arrecadação poderá paralisar obras e afetar o pagamento dos servidores municipais.

O orçamento previsto este ano para São Sebastião chega a mais de R$ 1 bilhão. No ano passado o orçamento foi de R$ 800 milhões. Em 2019, São Sebastião arrecadou R$ 140 milhões em royalties do petróleo.

Covid-19

São Sebastião tem 51 casos confirmados

A cidade continua liderando o número de casos na região, são 51 nesta segunda(27). No domingo(26), eram 44 casos.

Segundo o prefeito, foram feitos 719 testes de coronavírus no município. Duas pessoas morreram pela doença na cidade. De acordo com a prefeitura, cinco pessoas permanecem internadas na UTI.

O município registra ainda 2.446 notificações de síndromes gripais. O prefeito disse que os pacientes com sintomas dessa síndrome também serão avaliados pelos testes rápidos.

A prefeitura ainda registra 116 casos de dengue e tem 52 casos em investigação. Recentemente, uma pessoa morreu por dengue hemorrágica na cidade.