Caraguatatuba Cidades

Covid: Justiça suspende funcionamento de casa de repouso em Caraguatatuba

O juiz de Caraguatatuba, Ayrton Vidolin Marques Júnior, suspendeu as atividades da Casa de Repouso Jardim do Éden, que fica no bairro Barranco Alto, região sul da cidade.

O juiz acatou um pedido de liminar feito pelo Ministério Público, que alegou que o estabelecimento descumpria as normas sanitárias, fato que permitiu que idosos e funcionários fossem infectados pelo coronavírus.

A Casa de Repouso abriga cerca de 20 idosos. Três idosos que estavam na casa morreram de covid. A prefeitura já tinha autuado a instituição em 26 de junho e encaminhou o caso para o MP.

 

A Prefeitura de Caraguatatuba informa que vai acompanhar a suspensão e encerramento das atividades da Instituição de Longa Permanência para idosos (ILPI) – Casa de Repouso Jardim do Éden, localizada no bairro Barranco Alto.

 

A própria Prefeitura autuou em 26 de junho a instituição e encaminhou o caso ao Ministério Público. Segundo relatório emitido pela Vigilância Sanitária, em vistoria no local foi constatado que os protocolos de atendimento aos idosos e procedimentos operacionais devido à pandemia do novo coronavírus não estavam sendo cumpridos.

 

Essa autuação é resultado das ações que estão sendo desenvolvidas pela Vigilância em Saúde em todas as ILPI públicas e particulares.  Foram realizados 339 testes sendo 186 idosos e 153 cuidadores, entre o final de maio e início de junho. Testaram positivo 10 profissionais e 14 idosos.

 

No Jardim do Éden, oito idosos e quatro cuidadores testaram positivo para o novo coronavírus. Três idosos encaminhados às unidades hospitalares faleceram em decorrência da doença.

 

O auto de infração pode gerar uma multa no valor mínimo de 1.000 VRMs ou R$ 3.570,00 em caso de descumprimento

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: