Cidades São Sebastião

Covid: WSL cancela circuito mundial de surf de 2020

A WSL(World Surf League) decidiu cancelar de vez a realização de todas as etapas do circuito mundial de surf de 2020.

O cancelamento ocorreu devido à pandemia do novo coronavírus, que segundo a WSL, ainda está sem controle e as inúmeras restrições sanitárias de deslocamento impedem a realização das etapas do circuito mundial em 2020.

A WSL chegou a adiar as etapas do circuito por quatro meses, mas  optou em cancelar de vez o mundial. Os surfistas do Litoral Norte, o bicampeão Gabriel Medina, de Maresias e Filipinho Toledo, de Ubatuba, aproveitaram o período de suspensão das etapas para treinos. Medina permaneceu treinando em Maresias. Toledo,em San Clemente, na Califórnia, onde vive com a família desde 2014.

Medina aproveitou a parada do mundial para treinar e curtir a namorada Yasmin Brunet em Maresias

“Depois de muitas discussões e considerações, decidimos cancelar a temporada. Ao mesmo tempo em que acreditamos firmemente que o surfe está entre os esportes mais apropriados para serem disputados com segurança nos tempos da pandemia, temos enorme respeito pelas preocupações de muitos na nossa comunidade enquanto o mundo trabalha para resolver esta questão”, disse Erik Logan, CEO da WSL.

A  WSL já anunciou uma proposta do calendário de 2021, com o circuito iniciando no fim deste ano, no Havaí. A etapa brasileira, em Saquarema, está marcada para 20 a 29 de maio de 2021.