Ilhabela

Comitiva pressiona Estado e exige melhorias no serviço de travessia de balsas entre São Sebastião e Ilhabela

Criticada por usuários, condições da travessia motivaram movimento “Vem Pra Balsa” a elaborar carta de reivindicações e petição ao Ministério Público de Ilhabela

Por Gustavo Nascimento, de Ilhabela

Uma comitiva de Ilhabela esteve reunida na tarde da última terça-feira (18) na Secretaria de Estado de Logística e Transportes, em São Paulo, para unir esforços e resolver problemas da travessia de balsas entre os municípios de São Sebastião e Ilhabela.

O serviço vem recebendo diariamente inúmeras críticas de usuários, tanto moradores da região quanto os turistas. Filas quilométricas tanto no continente quanto no arquipélago se tornaram comuns, principalmente às sextas-feiras e domingos. Este cenário, antes, era “comum” apenas na temporada de Verão.

A travessia motivou recentemente um protesto pacífico em Ilhabela, onde foram colhidas mais de 2,5 mil assinaturas para um dossiê entregue a representantes da Dersa em São Sebastião. O movimento de iniciativa popular ganhou o nome “Vem pra Balsa” e conta com a internet para divulgar as iniciativas do grupo e também a situação da travessia.

Foto: Rafael César

Foto: Rafael César

Na reunião em São Paulo estiveram presentes o prefeito eleito de Ilhabela, Márcio Tenório (PMDB) e a vice Gracinha Ferreira (PSD), o atual prefeito Toninho Colucci (PPS), o presidente da Associação Comercial, Wilson Santos e os deputados Cassio Navarro (PMDB) e Edmir Chedid (DEM). Eles foram recebidos pelo secretário de Logística e Transportes, Alberto José Macedo Filho e o Diretor Presidente da Dersa, Laurence Casagrande.

No encontro, o prefeito eleito de Ilhabela apresentou ao Estado um relatório preparado pelo líder do movimento Vem Pra Balsa, Juliano Quaresma. Segundo Marcio Tenório, a empresa se comprometeu a operacionalizar um plano de contingência visando a temporada de Verão.

Márcio Tenório também usou as redes sociais para informar as primeiras ações que serão executadas. Tais como a operacionalização do serviço com sete balsas a partir de novembro, com duas totalmente reformadas e a criação de um grupo de trabalho responsável pela implantação de planos e metas.

Reivindicações – O Tamoios News teve acesso à carta de reivindicações do movimento Vem Pra Balsa e também a uma petição protocolada pelo grupo no Ministério Público de Ilhabela.

A carta de reivindicações, assinada pela Comissão Apartidária de Reivindicações para Melhoria dos Serviços de Travessia, pede maior qualidade e melhor prestação de serviços aos usuários.

Entre os principais pontos das reivindicações estão cumprimentos de horários, aprimoramentos dos bolsões de embarque, organização das filas de embarque, diminuição do número de carros que usam o serviço de Hora Marcada, retorno da embarcação FB-25, assentos adequados, entre outros.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: