Cidades Ubatuba

Índios guaranis de aldeias de Ubatuba fazem teste da Covid-19

Testagem rápida feita nos índios das aldeias Boa Vista, no Prumirim e Rio Bonito, na Casanga, em Ubatuba, constatou apenas um caso assintomático de covid-19 entre os indígenas das duas aldeias.

Cerca de 230 índios vivem nas duas aldeias, todos foram testados na ação realizada pelo Instituto Butantan com apoio da Secretaria Especial de Saúde Indígena(SESAI) e secretaria de Saúde de Ubatuba. Foram realizados 230 testes rápidos e também foram coletados três testes PCR.

Nesta semana, será feita a testagem na aldeia Renascer, no Corcovado. As duas aldeias, Boa Vista e Rio Bonito, permanecem isoladas. Os índios só deixam e aldeia em caso de necessidades. Os visitantes continuam proibidos de entrar nas aldeias, medida adotada pelo cacique Altino dos Santos, em março, para impedir a propagação do vírus nas aldeias.

No dia 13 de julho, o Instituto Butantan e a SESAI aplicaram 372 testes nos índios da aldeia do Rio Silveiras, na costa sul de São Sebastião. Na ocasião, sete índios testaram positivo para a covid-19.

Na aldeia do Rio Silveiras sete índios testaram no início de julho

A secretaria de Saúde de Ubatuba informou que trabalha para adquirir mais testes para poder atender outros grupos de comunidades tradicionais, como a população quilombola, porém ainda não há previsão de data de chegada de novos testes.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: