Cidades Ubatuba

Pesquisador da UNESP confirma mordida por tubarão na Praia Grande em Ubatuba

O pesquisador da Unesp (Universidade Estadual de São Paulo), Otto Bismarck Gadig, confirmou que a lesão sofrida na panturrilha da senhora M. R. L, 79 anos, enquanto se banhava no mar da Praia Grande em Ubatuba, no último domingo (14), foi causada por mordida de tubarão.

Em nota técnica, o especialista em tubarões pontuou que a lesão teve 25cm de extensão em sua maior largura e foi pouco profunda. A suspeita é de que a turista tenha sido vítima da espécie tubarão-tigre ou cabeça-chata, ambos de médio a grande porte, presentes na costa de São Paulo.

Somente após análise das imagens do ferimento e depoimento da família Otto Bismarck Gadig pode confirmar qual tipo de animal marinho teria causado a lesão na idosa.

Há pelo menos 32 anos Ubatuba não registrava nenhum caso de incidente entre banhistas e tubarões. Com essa confirmação, a cidade já registra o segundo incidente no mês de novembro, o primeiro ocorrido na Praia do Lamberto, envolveu um turista francês no dia 3 de novembro. Os dois turistas foram atendidos na Santa Casa da cidade e passam bem.