Caraguatatuba Cidades

Prefeitura autua Santander e Banco do Brasil por aglomerações

A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Vigilância Sanitária (Visa), da Secretaria da Saúde, autuou, na quarta-feira (6), as agências do Santander e Banco do Brasil por não manter as regras de evitar aglomerações e distância de pelo menos um metro entre as pessoas.

Há dias o órgão tem recebido reclamações, via Canal 156, das filas registradas no Santander da Avenida da Praia. A situação piorou desde que a agência da Praça Cândido Mota fechou porque, segundo o banco, funcionários teriam contraído o novo coronavírus (Covid-19).

O caso é considerado grave porque, de acordo com a Vigilância Sanitária, a Secretaria de Saúde não recebeu nenhuma notificação de casos suspeitos ou confirmados de Covid 19 na agência.

No Banco do Brasil, a autuação ocorreu durante fiscalização de rotina para verificar cumprimento dos decretos referentes ao Covid 19 em vigor e os fiscais de Saúde Pública constataram as filas sem nenhuma demarcação.

Com as notificações, os bancos têm 10 dias para se defender e podem ser autuados em até 1.000 Valor de Referência do Município (VRM), o que equivale hoje a R$ 3.570.

No começo de abril, a agência da Caixa Econômica Federal (CEF) de Caraguatatuba também foi autuada pela Visa pelo mesmo motivo.