Caraguatatuba Cidades

Prefeitura faz obras para impedir tentativas de suicídio na Ponte do Porto Novo

Ponte construída na década de 30. Fotos: Cláudio Gomes/PMC

A Prefeitura de Caraguatatuba quer impedir o acesso de pessoas aos arcos da ponte do Porto Novo para evitar novas tentativas de suicídio no local. Nos últimos dias, quatro pessoas tentaram se atirar de cima dos arcos da ponte que é considerada uma das atrações turísticas da cidade.

Segundo a prefeitura, a ponte em arcos, que já foi símbolo da cidade, hoje teria se transformado em símbolo de tristeza por causa das tentativas de suicídio que vem ocorrendo no local.

Para modificar essa questão, a Prefeitura de Caraguatatuba começa esta nesta sexta-feira(22) a implantar um tapete de lanças e uma grade para impedir a passagem e acesso para a subida do arco.

Segundo o secretário de Obras, Leandro Borella, a obra deve ser concluída na próxima semana. Os serviços não deverão prejudicar as características estruturais da ponte, uma das mais antigas do estado ainda em arcos.

Quatro tentativas de suicídio ocorreram recentemente na ponte. Ontem, os bombeiros conseguiram impedir que uma mulher conhecida como Laura, de 57 anos, tentasse pela segunda-vez se jogar da ponte.

“Laura”, de 57 anos, no alto na ponte, ameaçava se atirar, mas foi resgatada pelos bombeiros após duas horas de conversa

Por causa da tentativa de suicídio, a rodovia Rio-Santos ficou duas horas interditada no sentido Caraguatatuba/São Sebastião, ocasionando um enorme congestionamento.

Foi esse  o tempo que os bombeiros precisaram para convencer a mulher a não se jogar  da ponte. Ela foi resgatada com equipamentos de salvatagem e conduzida até a santa casa da cidade.

A mulher, de 57 anos, passa por tratamento no CRAS(Centro de Recuperação Psicossocial). Nesta quinta-feira(21), uma nova tentativa de suicídio teria ocorrido no local.

Veja o vídeo do resgate de “Laura”:

Arquitetura

 

Ponte em arcos, uma obra de arte. Foto: Cláudio Gomes/PMC

A Ponte em arcos é uma das grandes atrações arquitetônicas da cidade, embora pouco divulgada.

A estrutura- ponte em arcos, foi construída na década de 30, pelo DER(Departamento de Estradas de Rodagem). Atualmente, existem apenas duas com essa arquitetura no estado de São Paulo.

Segundo o DER, uma ponte no mesmo modelo existe em Cachoeira Paulista, no Vale do Paraíba.

A ponte com quarenta metros de comprimento por oito metros de altura (arcos) é considerada uma verdadeira obra de arte pela engenharia.

Na época de sua construção, os arcos eram necessários para dar sustentação a grandes vãos como era o caso da ponte que cruza o rio Juqueriquerê, o maior rio navegável do Litoral Norte.

Antes da construção da ponte, na década de 30, moradores, animais e carros eram transportados por chatas de madeira para cruzar o rio.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: