Caraguatatuba Cidades

Prefeitura implanta isolamento seletivo e libera comércios em São José dos Campos

O prefeito de São José dos Campos, Felicio Ramuth (PSDB), em entrevista coletiva concedida na manhã deste sábado(18) anunciou a implantação do isolamento seletivo e a liberação do comércio a partir do dia 27, mas com algumas restrições. Apesar dessas medidas, o prefeito disse que o ideal é que  as pessoas permaneçam em casa e só saiam quando necessário.

Antes de falar sobre o isolamento seletivo e da abertura do comércio, Ramuth divulgou os dados da Covid-19 na cidade. São José dos Campos tem 16 mortes por coronavírus, 136 casos confirmados e 521 casos suspeitos. Uma pesquisa feita pela prefeitura constatou que cerca de 3,11% da população poderá ser contaminada pelo vírus, cerca de 22.392 pessoas.

Um dos representantes do comitê de combate ao coronavírus disse que avaliação feita pela equipe constatou que 70% dos infectados no município são jovens que não são internados e que 70% das das mortes ocorridas, são de idosos, por isso, a prefeitura optou em preservar os idosos.

Isolamento Seletivo

-O isolamento preserva grupos de risco: idosos, doentes crônicos, crianças

– proíbe aglomerações e concentrações,

-decreta a Responsabilidade Social

-Permite, sob regras rígidas, atividades econômicas

Atividades comerciais

Com a implantação das regras do isolamento seletivo, com permissão temporária de funcionamento das atividades, um decreto municipal definiu que os estabelecimentos terão que obter um alvará provisório da prefeitura, que deverá ser renovado a cada 10 dias.

Estabelecimentos comerciais, indústrias e prestadores de serviço com 40 funcionários ou mais devem escalonar os horários de entrada e saída, obrigatório o uso de máscaras e higienização e idosos, portadores de doença crônica e gestante não devem trabalhar. O funcionamento será até às 22 horas.

O prefeito liberou a abertura de shoppings, menos o funcionamento de praças de alimentação e cinemas, devido a concentração de pessoas e também, o funcionamento apenas de segunda a sexta-feira.

Ele liberou também, de lojas no centro comercial, bares, lanchonetes, padarias, cafés,  entre outros, com 50% de suas capacidades, espaçamento de 2,5 metros entre as mesas e proibição de servir no balcão ou calçadas. Em salão de beleza, barbearias, manicures, o atendimento dever ser individual e agendado.  O trabalho de ambulantes foi liberado.