Esportes São Sebastião

Após 3 anos de título mundial, cidade presta homenagem a Gabriel Medina

Foto: Leonardo Rodrigues/TN

Prefeitura anuncia etapa do Mundial em novembro, na Praia de Maresias  

 

Por Leonardo Rodrigues

Gabriel Medina é campeão mundial de surf 2014. A notícia não é nova. Provavelmente todos já saibam, mas demorou 3 anos para sua cidade natal, São Sebastião prestar homenagens ao atleta prata da casa que se tornou o primeiro brasileiro campeão mundial de surf. Medina enfim, recebeu o reconhecimento “em casa” de autoridades, familiares, amigos, moradores e dezenas de crianças em cerimônia realizada na noite dessa segunda-feira (25).

Quando ganhou o título, a Prefeitura planejou uma carreata em carro aberto. O que logo foi descartado após fortes chuvas que atingiu a Costa Sul da cidade. Passado o incidente, o prefeito da época, Ernane Primazzi (PSC) prometeu uma revitalização na Praça Internacional do Surf, e que o projeto contemplava uma calçada da fama com os surfistas locais. Além de um monumento com a representação da onda de Teahuppo com o atleta sebastianense surfando, para perpetuar a conquista do mundial. Porém, de concreto mesmo, apenas uma homenagem na capital, onde na época, com 21 anos, Medina foi recebido pelo governador Geraldo Alckmin, em evento que aconteceu no Palácio dos Bandeirantes.

A atual Administração também promete intervenção na Praça Internacional do Surf, no bairro de Maresias, Costa Sul da cidade. Não se sabe se o novo projeto irá contemplar uma “calçada da fama” para os atletas em destaque da cidade, mas prevê a instalação de um mosaico no piso, com a rosa dos ventos e Gabriel Medina surfando ao centro.

Foto: Marcos Bonello/PMSS. Medina recebe réplica de obra que será parte do piso da Praça do Surf, em Maresias

Atualmente com 24 anos, e em contagem regressiva, o surfista sebastianense subiu ao palco do Teatro Municipal, no Centro da cidade, para receber, por mais de duas horas de evento, homenagens, presentes e aplausos por sua trajetória no esporte e assim, representar o município em eventos nacionais e internacionais.

Medina dividiu o espaço com a mãe e os irmãos, que assistiram vídeos e depoimentos emocionados de quem admira a carreira do atleta, como também de quem é influenciado por ela. Além da apresentação das crianças assistidas pelo Instituto Gabriel Medina, alunos da rede municipal viam ali uma referência a seguir.

A noite de homenagens causou emoções a todos os que estavam presentes. Se Medina se emocionou pelas homenagens, crianças que tomaram conta da platéia, inclusive dos corredores do teatro, perceberam que o surfista era uma inspiração e exemplo de superação. Situação essa percebida pela mãe do atleta, Simone Medina, que traduziu como: “uma geração que tem o poder de transformar suas vidas e o lugar em que vivem”.

Foto: Leonardo Rodrigues/TN

Com todos os lugares ocupados, galeria cheia, pessoas que se dividiam entre estar de pé, ou sentadas no chão, outras tantas acompanhavam tudo por um telão instalado na porta do Teatro. “Esse tumulto reflete o que o Gabriel Medina significa”, avaliou o chefe do Poder Legislativo, Reinaldo Alves Moreira Filho (PSDB).

O prefeito da cidade, Felipe Augusto (PSDB) considerou o evento como uma “justa homenagem ao maior atleta do surf mundial”. Felipe Augusto não economizou em adjetivos durante discurso ao surfista sebastianense. “Você transformou nosso orgulho em orgulho de ser brasileiro. Em tempos de crise que o país vive, você recupera nossa autoestima”, disse o prefeito.

Gabriel Medina só teve a oportunidade de falar no final do evento. Visivelmente emocionado, o surfista de São Sebastião agradeceu o reconhecimento e os presentes. O atleta diz ser uma alegria levar o nome da cidade para o mundo, e se direcionando às diversas crianças que estavam presentes, mandou um recado: “Sou como qualquer um de vocês. Deus abençoou meu esforço e dedicação. E o mais importante nunca ter parado de sonhar”.

Outro sonho conquistado além do Mundial, o atleta afirma ser outra alegria de sua carreira a criação do Instituto Gabriel Medina. “Sempre foi um sonho construir um lugar em que eu pudesse ajudar o próximo. Hoje é minha alegria”, desabafou.

Mundial em casa – O evento não reservou surpresas apenas a Gabriel Medina. No meio das homenagens, o prefeito anunciou oficialmente o QS 3000, uma das etapas World Qualifying Series (WQS) – divisão de acesso à elite mundial do surfe, em Maresias, no início de novembro.

Segundo Felipe Augusto, a World Surf League (WSL) havia confirmado minutos antes do evento a realização da competição em praia sebastianense. “Confesso que foi um suspense, a confirmação chegou as 6h25 da tarde. Vamos ver mais uma vez Gabriel Medina disputando uma etapa mundial em casa”.

 

Foto: Marcos Bonello/PMSS

1 Comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido!