Caraguatatuba Cidades

Supermercados inovam na prevenção ao coronavírus com drive-thru e medição da temperatura

Silva Indaiá atende por drive-thru

Por Salim Burihan

A maioria dos supermercados da região vem inovando na adoção de medidas preventivas aos funcionários e clientes neste período de pandemia de coronavírus.

Considerados serviços essenciais, os estabelecimentos continuam funcionando seguindo as determinações do decreto estadual e das normas municipais.

Atendendo as prefeituras, reduziram o número de clientes atendidos, obrigaram funcionários ao uso de máscaras, começaram a fazer higienização nos carrinhos e espaçamento entre clientes no acesso as lojas.

Alguns deles, no entanto, adotaram medidas ainda mais preventivas.  É o caso do Assaí, que além de todas as medidas adotadas, passou a medir a temperatura de seus clientes.

Assaí mede temperatura dos clientes

O cliente assim que é autorizado a entrar na loja, recebe álcool gel, tem o carrinho higienizado e, também, tem a temperatura medida por um aparelhinho conhecido como termômetro digital infravermelho.

Caso o cliente apresente temperatura de 37,5  é comunicado que deve procurar uma unidade de saúde. O cliente não é impedido de entrar na loja, mas recebe uma máscara para fazer as compras, se não tiver portando uma.

“Fiquei um pouco assustada, quando após oferecerem o álcool gel, me pediram se podiam colocar o aparelho próximo a minha testa, para medir a temperatura, mas depois entendi que era mais uma medida preventiva”, contou Rosângela Apolinário, moradora do bairro do Jaraguazinho.

Outra iniciativa preventiva interessante foi feita pelo Supermercado Silva-Indaiá, que passou a atender seus clientes através do sistema drive-thru. A loja colocou 15 funcionários neste atendimento.

O cliente entra em contato com a loja pelo telefone, site ou whatsapp, faz o pedido e marca a hora para a retirada dos produtos. O sistema funciona apenas na loja do Indaiá e das 11 às 18 horas. Os pedidos feitos após às 15 horas só podem ser retirados no dia seguinte.

O sistema drive-thru vale apenas para compras acima de R$ 50 e até R$ 500 reais. A loja não cobra nenhum adicional a mais pelo serviço.

Quando o cliente vai fazer a retirada das compras, deve permanecer dentro do carro. Um funcionário da loja abre o porta malas e acondiciona os produtos adquiridos. O funcionário entrega a nota e o valor da compra pode ser quitada por cartão ou em dinheiro.

” É um serviço que a loja deveria manter pós-coronavírus. É super-prático, bem feito e evita um possível contágio entre clientes e funcionários. Preserva os dois”, disse Lucas Avelar, que vem utilizando o sistema desde quando ele foi implantado pela loja.

O Spani Atacadista adotou outra regra. Um aviso na porta do estabelecimento explica que para evitar a disseminação do coronavírus a entrada no estabelecimento é restrito a apenas uma pessoa da família.

Spani alerta: só pode entrar uma pessoa por família

Ou seja, só pode entrar para fazer as compras apenas uma pessoa de cada família. A norma, segundo a loja, visa reduzir ainda mais a aglomeração no interior do estabelecimento.

O Semar optou em instalar na entrada da loja um porta álcool gel. Todos os clientes são obrigados a fazer a higienização antes de entrar para fazer suas compras. A maioria sinalizou na entrada de suas lojas o espaçamento entre clientes, de cerca de 1,5 metros, antes de serem autorizados adentrar o estabelecimento.

Cliente faz a higienização com álcool gel no Semar

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: