Cidades Ilhabela

Temporada de observação de baleias começa mais cedo no Litoral Norte

Jubarte no canal de São Sebastião. Fotos: Projeto Baleia à Vista

 

A temporada de observação de baleias começou mais cedo este ano no Litoral Norte. Tradicionalmente, a presença de baleias ocorre entre junho e setembro, quando elas deixam a região da Antártica em direção até Abrolhos, no sul da Bahia, para reprodução.

 

Este ano, as baleias já começaram a aparecer mais cedo na região, com um mês de antecedência, segundo Júlio Cardoso, do Projeto Baleia à Vista, de Ilhabela, que há 16 anos monitora e estuda a passagem delas pela região.

 

Hoje pela manha o sistema “de olhos no mar” do Grupo Amigos da Baleia à Vista registrou a passagem de uma jubarte, nas proximidades do mangue do Araçá, em São Sebastião.

 

Segundo Cardoso, foi emitido um alarme para a DERSA para paralisar às operações das balsas, caso o animal cruzasse a área de navegação das embarcações.

 

“Ocorreu tudo bem, a baleia seguiu para o sul do canal e deu muitos shows de saltos e batidas de cauda. Esta é a nossa segunda jubarte da temporada”, contou Cardoso.

 

Ele disse que já solicitou à Prefeitura de Ilhabela autorização para poder fazer o monitoramento embarcado, seguindo todos os protocolos de higiene e segurança durante a pandemia.

 

“Fazemos uma pesquisa cientifica, o Instituto Baleia Jubarte e nós, do Projeto Baleia à Vista, temos licença de pesquisa do ICMBio para isso, portanto esperamos ter essa autorização e poder fotografá-las para identificação ao nível do mar através das embarcações Ballerina, Cetacea ou Maraê. Não podemos interromper nossas pesquisas”, destacou.

 

No ano passado, durante a temporada de observação de baleias, o projeto Baleia à Vista fez 66 registros de 101 baleias jubarte de passagem pelo Litoral Norte. O projeto Viva Baleias, com monitoramento em ponto fixo na Ilha, registrou no mesmo período a passagem de 370 baleias.