Cidades Ubatuba

Trânsito e aumento na geração de resíduos impactaram coleta de lixo em Ubatuba após feriado, diz prefeitura

Lixeira no bairro da Fortaleza no dia 10 de setembro. (Foto: Ana Mesquita)

Na semana passada, após o movimentado feriado de 7 de setembro, moradores de bairros de norte a sul de Ubatuba reclamaram do atraso na coleta de lixo e do acúmulo de resíduos nas lixeiras e no entorno delas.

No dia 10 de setembro, um morador da Fortaleza, bairro da região sul do município, publicou em seu perfil uma imagem da situação da lixeira e ironizou: “cartão-postal”.

Na sexta-feira, dia 11,  uma moradora do Ubatumirim enviou ao portal Tamoios News imagens de uma lixeira em situação semelhante. “Essa semana não teve coleta. Ubatumirim está explodindo de lixo. A quantidade de lixo e o cheiro que está é surpreendente. Os urubus estão abrindo tudo. Como serão os próximos feriados e a próxima temporada? O bairro está muito fedido”, disse a moradora.

Lixeira em frente à escola no Ubatumirim. Foto da semana passada.

No dia 12 de setembro, um morador do bairro Bela Vista divulgou em um grupo nas redes sociais imagens de uma caçamba lotada de lixo, com inúmeros sacos jogados no chão. A postagem repercutiu e moradores de outros bairros, como Perequê-Mirim e Ipiranguinha, também reclamaram de atraso na coleta.

O que diz a prefeitura

O portal Tamois News entrou em contato com a prefeitura de Ubatuba para saber o que havia ocorrido e quando o serviço seria normalizado. A prefeitura disse que a Sanepav, empresa responsável pela coleta de lixo no município, informou que, de fato, houve um impacto na coleta decorrente do feriado de 7 de setembro devido ao trânsito. A empresa informou que se dedicou em regularizar a situação e somente ontem, segunda-feira (14), é que conseguiram acertar o cronograma. Hoje (15) a coleta já está normalizada.  A prefeitura afirmou que, em comparação com o mesmo período do ano passado, nesse último fim de semana, foram coletadas 400 toneladas a mais que em 2019. “Ou seja, a demanda vem crescendo consideravelmente”, concluiu.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: