Caraguatatuba Cidades

Turismo cresce durante a quarentena no Litoral Norte

Estacionamento lotado em frente a praia da Cocanha, em Caraguatatuba

O fim de semana foi mais uma vez de praias cheias em toda a região. O tempo bom, com sol e calor, atraiu muitos turistas ao Litoral Norte. Nos últimos dois meses, apesar da quarentena, tem sido grande a presença de turistas nas cidades da região.

Nas praias mais frequentadas foi difícil estacionar na orla. Na praia da Cocanha, em Caraguatatuba, o “flanelinha” Gustavo Santos, disse que o movimento de carros e banhistas estava igual ao registrado durante a temporada de verão.

Ainda na Cocanha, o entreposto de pesca mantido pelos pescadores e maricultores do Massaguaçu encerrou suas vendas às 14 horas do domingo. O estoque de peixes e mariscos tinha esgotado.  Um dos produtos mais procurados foi o marisco que custa R$ 20 o quilo.

Na praia Martim de Sá, a mais frequentada da cidade, o movimento de banhistas também foi muito grande no sábado e domingo. No domingo, os quiosques da praia podem vender apenas no sistema delivery, mesmo assim, as vendas foram boas.

Segundo o gerente do quiosque Baleia Branca, Danilo Gomes, o movimento de banhistas e turistas tem crescido muito desde o início de julho. Ele explica, que de segunda até sábado é permitido mesas e cadeiras na praia, mas aos domingos, os equipamentos são proibidos na areia e as vendas de porções e bebidas só podem ser feitas no sistema de retirada.

“Os turistas reclamam muito. Não conseguem entende porque aos domingos não podemos  colocar mesas e cadeiras na praia. Comentam brincando que é só no domingo que o coronavírus aparece…Estamos cumprindo todos os protocolos, acredito que a prefeitura poderia liberar mesas e cadeiras na areia também aos domingos”, comentou Gomes.

Na areia  e no calçadão da Martim de Sá, muitos banhistas sem máscaras e aglomerados. Em praias mais isoladas, os banhistas mantinham o distanciamento social, apesar de não usarem máscaras. Esportes coletivos, como futebol, vôlei e fut vôlei eram praticados sem qualquer preocupação.

Com o avanço para a Fase 3- Amarela do Plano São Paulo, as prefeituras da região devem incentivar ainda mais o turismo. A capacidade de ocupação nos hotéis de São Sebastião, por exemplo, passou de 50% para 100%, ainda com restrições.

O empresário Rodrigo Tavano, proprietário de duas pousadas em Caraguatatuba, disse que o movimento tem sido muito bom nos fins de semana, apesar da prefeitura local limitar a capacidade dos estabelecimentos em 60%.

“Tem sido bom sim o movimento aos finais de semana e durante a semana, obviamente nada comparado como era antes da pandemia”, comentou Tavano.

Segundo ele, a prefeitura deverá liberar 100% da capacidade na rede hoteleira nos próximos dias. “Afinal no Plano São Paulo do Estado, não existe e nunca existiu esse tipo de limitação em nenhuma fase , nem vermelha , laranja e etc …”, justificou.

Em Ubatuba, a partir desta segunda-feira(10) o uso das praias e ilhas foi liberado pela prefeitura, através de um decreto assinado na sexta(7), pelo prefeito Délcio Sato.

O movimento nas rodovias de acesso até a região foi acima do normal no sábado e domingo. O mesmo ocorreu na travessia de balsa entre Ilhabela e São Sebastião.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: